Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Crônica da Cidade

Archimedes Naspolini Filho
Por Archimedes Naspolini Filho 25/05/2020 - 06:54

Continuo buscando, na edição que circulou na semana de 20 a 27 de junho de 1964, do nosso saudoso semanário Tribuna Criciumense, os tópicos de publicações que dão um mergulho no passado e se transformam na Crônica da Cidade de hoje.

DE ROUPA NOVA AS RUAS DA CIDADE – Novo e moderno método de sinalização acaba de ser posto em prática na cidade de Criciúma. As ruas estão enfeitadas por postes coloridos, que fazem parte da decisão de nossa polícia de disciplinar, de uma vez por todas, o trânsito na capital do carvão. Este sistema de sinalização é parte de um convênio celebrado pelo governo do Estado com a empresa paulista de publicidade Totó que tem se encarregado desse trabalho em diversos estados. Em Santa Catarina, além de Florianópolis,  outras cidades foram servidas pela empresa Totó: são elas Joinville, Lages, Blumenau e Rio do Sul. Agora, em Criciúma. Será que o ouvinte está pensando o que eu também penso? Empresa Totó? Empresa de publicidade cuidando do trânsito? Muito estranho.

AS ÚLTIMAS DO/ FUTEBOL – Milioli Neto escrevia: a artilharia do campeonato estadual aponta os principais goleadores: Gonzaga do Hercílio Luz, 11 tentos; Tarcísio do Hercílio e Dufles, do Marcilio Dias, 10 tentos; Idézio do Metropol, Ratinho do Marcilio e Zé Paulo do Guatá, com 9 tentos. CLASSIFICAÇÃO POR PONTOS PERDIDOS: 1º Hercílio Luz, com 5 pp; 2º Marcilio Dias, com 7 pp; 3º Barroso de Itajaí, com 8 pp; 4º Comerciário e Metropol, com 9 pp; 5º Ferroviário, de Tubarão, com 10 pontos perdidos.

FUTEBOL DE SALÃO – Está confirmada a realização do campeonato criciumense de futebol de salão, ficando anotado para o próximo dia 3 de julho a efetivação do torneio início que contará com a participação de dez agremiações. Os jogos serão disputados na quadra Pedro Benedet – fundos da Galeria Benetton – e a temporada salonista desde já desperta grande interesse em nosso meio esportivo. Não tínhamos um ginásio de esportes, sequer. Essa quadra aí, além de acanhada, era totalmente descoberta. Era a Quadra do Gita, descendente direto do coronel Pedro. A iluminação era fraca. Mas, cada jogo levava muita gente para assistir. Os jogos começavam por volta das 20h00 e se estendiam, às vezes, até madrugada a dentro.

ESTADUAL DE FUTEBOL: SEGUNDA ETAPA. Após o encerramento do turno, com o Hercílio Luz ponteando a classificação, teremos, na tarde de amanhã, o reinício do campeonato, com sete encontros, assim programados: em Tubarão, Hercílio x Marcilio; em Itajaí, Barroso x Minerasil; em Florianópolis, Postal x Ferroviário; em Guatá, Guatá x Metropol; em Urussanga, Urussanga x Comerciário; em Imbituba, Imbituba x Avaí e, em Criciúma, Atlético x Figueirense.

Esta crônica está no ar também na Rádio Som Maior. E eu retornarei amanhã. Até lá amigos e um abraço do meu tamanho!

4oito

Deixe seu comentário