Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Semana da Criança: para que serve a brincadeira? Parte V

Ananda Figueiredo
Por Ananda Figueiredo 13/10/2017 - 16:10Atualizado em 14/10/2017 - 16:46

Hoje é dia de conhecermos as razões de 21 a 25 para incentivar seu pequeno a brincar! Vamos lá:

21) Começaremos com uma razão que, na sua infância, aposto, você conhecia bem: SUJEIRA! No livro Let them eat dirt: saving your child from an oversanitized world (que pode ser traduzido como Deixe que eles comam terra: salvando seus filhos de um mundo hiper-higienizado), os microbiologistas B. Brett Finlay e Marie-Claire Arrieta afirmam que sujeira faz bem. Permitir que seu pequeno se suje na grama, na areia ou no parquinho estimula o contato com "bactérias boas", chamadas assim porque são necessárias para o funcionamento saudável do corpinho do seu filho ou filha. Em outras palavras, brincar na sujeira aumenta a resistência a alergias e, de quebra, induz à felicidade e ao prazer, o que tem por consequência aumentar a imunidade.

22) Brincar pode tornar seu filho uma criança "sem vergonha". Se seu filho ou filha é daqueles que tenta se esconder atrás de você quando vê alguém, é provável que ele tenha dificuldades para expressar suas emoções ou dar uma opinião. No jogo coletivo ou no faz de conta, por exemplo, costuma ser mais fácil que a criança se solte e comece a superar a timidez.

23) Por falar em "faz de conta", é importante falarmos que é natural que a criança se interesse pelo mundo adulto, afinal, você é o grande exemplo para seu filho ou filha. Essa curiosidade se reflete nas brincadeiras, como a de mamãe e filhinho ou as relacionadas às profissões. É esse faz de conta que permite que a criança se insira no seu meio, resolva problemas e ensaie papeis sociais que terá que realizar mais adiante.

24) Na esteira do "faz de conta", no mundo da fantasia a criança pode ser o que quiser: cozinheiro, astronauta, atleta, super-heroína, médica... Além disso, é na fantasia que a criança pode dar novas funções aos objetos: uma vassoura vira cavalo e um lençol vira capa. Para estimular os exercícios de criatividade, ofereça sempre a seus pequenos brinquedos estruturados (jogos prontos) e não estruturados (sucata, por exemplo).

25) Ele está doentinho? Brincar costuma funcionar como uma terapia: a diversão provoca a liberação de endorfinas, popularmente chamada de hormônio do bem-estar. Ele é tão importante que pode até aliviar temporariamente a dor.

Quer mais motivos para deixar seu filho brincar? Amanhã lhe mostrarei mais cinco. Acompanhe!

4oito

Deixe seu comentário