Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Júlio Lopes fora da Fundação de Cultura

Wagner Espíndola responde interinamente pela presidência até fim do ano
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 09/12/2020 - 09:18Atualizado em 09/12/2020 - 09:43

Júlio Lopes não é mais  presidente da Fundação Cultural de Criciúma.

Ele se reuniu com o secretário de governo, Wagner Espíndola, quando foi comunicado que não vai integrar a equipe do próximo governo.

Ato contínuo, os dois acertaram a sua exoneração da presidência.

O próprio Wagner Espindola vai responder pela Fundação até o fim do ano.

O prefeito Clésio Salvaro ainda não definiu quem será nomeado para comandar a Fundação.

A intenção é alguém que tenha vínculo com a cultura, mas principalmente trânsito para captação de recursos. 

Salvaro deve definir até o dia 15 os nomes que faltam para fechar a sua equipe de governo.

Pretende renovar em funções importantes,  baixando a média de idade.

Além da Fundação da Cultura, falta definir presidente da Fundação de Esportes e secretarias de educação e ação social.

 

4oito

Deixe seu comentário