Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Julgamento no STF que ameaça mandato de Ricardo Guidi foi adiado

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 31/10/2018 - 17:18Atualizado em 31/10/2018 - 17:35

Prorrogado o tempo de angústia para o deputado federal eleito Ricardo Guidi (PSD).

O julgamento no STF do recurso do deputado federal João Rodrigues (PSD), que estava pautado para hoje à tarde, foi adiado para a próxima semana.

O ministro Gilmar Mendes, relator do processo, pediu adiamento do julgamento devido ao baixo quórum. Ele preferiu incluir na pauta da sessão do STF da semana que vem. Não estavam presentes os ministros Luiz Fux e Dias Toffoli.

No recurso, o deputado João Rodrigues pede que seja reconhecida a prescrição da sentença que o levou à cadeia no inicio do ano. O parecer do relator é a seu favor.

Se o recurso for acolhido, Rodrigues ficará elegível, seus votos validarão e ele será o segundo deputado federal do PSD, ocupando a vaga de Ricardo Guidi.

Amparado numa liminar, João Rodrigues está em liberdade e disputou reeleição para federal. Mas, os seus votos foram "geladeira", não constam no registro oficial, porque aguardam a decisão do STF.

         

4oito

Deixe seu comentário