Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Geovania só vai se Salvaro pedir, Merisio com Amin e JPK, e outras da coluna

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 11/07/2018 - 06:16Atualizado em 11/07/2018 - 09:56

A deputada federal Geovania de Sá, PSDB, repetiu ontem à noite, em Brasilia, aos senadores Dalirio Beber e Paulo Bauer, PSDB, que não quer ser candidata a vice-governadora.

Está em campanha para reeleição e quer seguir com este projeto.

A propósito, Geovania ampliou bem a sua base, estatualizou a atuação parlamentar e passou a ser a única candidata à câmara federal pela sua igreja. Tem condições fazer a maior votação do partido no estado entre todos os candidatos a deputado federal.

Mesmo assim, Geovania deixa uma "porta aberta” para a candidatura a vice- “o único que pode me convencer a fazer mudança de planos é o prefeito Salvaro, só se isso partir dele”.

Informado a respeito, Clesio Salvaro comentou - “em chapa pura do PSDB, ela (Geovania) é o melhor nome para vice”. Mas, completou - "antes disso, o partido tem que esgotar todas as possibilidades de composição”.

Na segunda-feira o PSDB terá reunião da executora estadual para ratar do assunto.

A proposta de chapa pura, segundo a deputada, cresceu no PSDB catarinense nos últimos dias. Principalmente pela perspectiva de quatro ou cinco candidatos.

Mas, ao mesmo tempo, avalia que a aliança com o MDB, improvável até pouco tempo, parece hoje “mais próxima”.

Num eventual acordo com o MDB, o PSDB teria duas vagas na chapa majoritária. Provavelmente para Napoleão Bernardes e Paulo Bauer.

Mesmo que a deputada não trate como provável, ainda é possível um acordo com o PP,  no caso de Esperidião Amin sair candidato a governador em o PSD de Gelson Merisio.

Amin tem conversas diárias com Paulo Bauer em Brasilia sobre o assunto.

Bauer confidenciou para poéticos tucanos do sul no fim de semana que a aliança com Amin é uma “possibilidade real”. Mais fácil do que chapa pura.


Finaleira

Prefeito Salvaro calcula que a reunião de segunda-feira vai definir posição sobre as conversações em curso.

Pela sua vontade, o partido fechará aliança com Esperidião Amin e o PP.


Merisio com Amin e João Paulo

O deputado Gelson Merisio, presidente estadual do PSD, vai hoje a Brasilia para mais uma reunião com os deputados Esperidião Amin, PP, e João Paulo Kleinübing, presidente estadual do DEM.

Vão tentar o entendimento para fechamento de aliança e composição de chapa majoritária.

Por enquanto, os três são candidatos ao governo. E, numa aliança, estarão na chapa. O “quarto elemento” será o ex-governador Raimundo Colombo, PSD.


O prazo

Em sete dias, hoje será a quinta vez que Amin e Merisio vão se reunir para, a rigor, tratar da mesma pauta.

Na reunião que tiveram no domingo, em Florianópolis, junto com outros poéticos de PP, PSD, DEM e PSB, chegaram a “apalavrar” um prazo até quinta-feira (amanhã) para resolver o assunto.


Opções do sul

Desde o início das articulações, o sul do estado já teve várias possibilidades de ter representante da disputa majoritária do estado.

A principal, com o governador Eduardo Moreira, MDB, que seria candidato a reeleição.

Mas, também foram citados como possíveis candidatos a vice, Jorge Boeira - PP, Julio Garcia - PSD e Geovania de Sá - PSDB. Só Geovania continua no “radar”.


O time do governo

Eduardo Moreira reuniu segunda-feira à noite, na casa da agronômica, em Florianópolis, todos os “cargos de confiança” do governo com o candidato a governador Mauro Mariani, MDB.

Foi mais um movimento de Eduardo a favor da candidatura de Mariani.

Amanhã, os prefeitos do MDB da região devem definir a data para um encontro que Eduardo pretende comandar no sul do estado com Mariani.


Não sai

Deputado Manoel Mota, MDB, ontem à noite, sobre a especulação sobre retirada de sua candidatura a reeleição - "inventaram isso, não tem fundamento, me causaram um prejuízo politico muito grande”.


Maurique ouve Favreto

O juiz federal Jorge Maurique, desembargador do Tribunal Regional Federal, residente em Criciúma, estava na sessão do Tribunal, nesta semana, em que os desembargadores Rogerio Favreto e Gebran Neto nem se olharam. Ainda reflexo da confusão jurídica a partir da ordem de soltura para Lula.

Favreto reclamou para Maurique que o ator Alexandre Frota divulgou o numero do seu telefone nas redes sociais e passou a receber várias ameaças de morte.

A cerimonia que reuniu todos os desembargadores do Tribunal foi a posse do novo integrante da corte, o juiz federal Osni Cardoso Filho, que trabalhou em Criciúma de 1993 a 1996, respondendo pela segunda vara da justiça federal.


Vítima de estupro

Deputada criciumense Ada de Luca, MDB, protocolou ontem na Assembleia projeto de lei para instituir o programa de atenção e proteção às vitimas de estupro.

Ela diz que o projeto é reflexo dos assustadores índices  de estupro no estado.

De janeiro a abril de 2017 foram 930 casos de estupro consumado e 179 tentativas. 

Em 2018, no mesmo período, foram 1.116 casos de estupro consumado e 210 tentativas.

4oito

Deixe seu comentário