Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Exoneração de Kátia cumpre decisão judicial

Tribunal de Justiça determinou exoneração a pedido do Ministério Público
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 25/02/2021 - 17:09Atualizado em 25/02/2021 - 17:42

A exoneração da engenheira Kátia Smielevski do cargo de secretária geral da prefeitura de Criciúma, publicada hoje, foi feita para cumprir decisão do Tribunal de Justiça, em atendimento à recurso do Ministério Público.

A prefeitura foi notificada da decisão do Tribunal no início da semana.

Na decisão, o Tribunal de Justiça determinou o afastamento do cargo de secretária geral, observado o impedimento para o exercício de qualquer cargo ou função pública de direção, chefia ou assessoramento, definido em sentença judicial anterior.

Katia foi denunciada pelo Ministério Público em 2020 em duas ações (civil pública e criminal) que apura atos de improbidade na prefeitura, mandato passado.

No processo crime, foi decidido o seu afastamento do cargo que ocupava na época - secretária de infraestrura.

No início do atual mandato, depois de reeleito em novembro, o prefeito Clesio Salvaro nomeou Kátia para outro cargo - o comando da secretaria geral. 

O Ministério Público encaminhou reclamação ao Tribunal por descumprimento de decisão judicial, já que ela não poderia ocupar nenhum cargo de primeiro escalão, direção ou assessoramento, e foi atendido.

Com a demissão de Kátia, já reassumiu a secretaria geral, Vagner Espíndola, o Vaguinho, que comandou a secretaria no mandato passado.

O episódio provoca um desgaste gratuito à engenheira Katia e ao próprio prefeito Salvaro.

 

 

4oito

Deixe seu comentário