Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Vaza ofício com estabelecimentos que estariam comprando carne de cavalo

Documento, que faz parte do processo, aponta quatro locais
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Morro da Fumaça, SC, 17/10/2021 - 10:52Atualizado em 17/10/2021 - 11:36
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um ofício que faz parte do processo da Operação Hefesto, desencadeada em Morro da Fumaça, aponta quatro estabelecimentos que estariam comprando carne de cavalo.

O delegado Márcio Campos Neves, que assina o ofício, diz que não há certeza que eles sabiam se a carne era de cavalo. “Em algum momento da investigação eles compraram”, fala.

O segredo de justiça do processo foi retirado há cerca de uma semana.

Confira também:
De carne de cavalo para consumo humano à drogas, itens apreendidos em Morro da Fumaça
Polícia mapeia compradores de carne de cavalo para consumo humano

Afinal de contas, a carne de cavalo pode ser consumida por humanos?
Carne de cavalo para consumo humano: Polícia prende mais seis pessoas no Sul


A operação

A Operação Hefesto, da Polícia Civil foi desencadeada no dia 16 de setembro, em Morro da Fumaça. A investigação está relacionada a tráfico de drogas, associação para o tráfico, receptação, furto de gado e venda de carne de cavalo e mula para consumo humano.