Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
Max Everson
Por Max Everson 08/05/2019 - 15:42Atualizado em 08/05/2019 - 15:44

Depois de liberar com sucesso o single "Black Star Dancing", o cantor Noel Gallagher liberou o clipe desse mais recente hit.

A produção traz Noel em uma apresentação num programa do comediante Bernard Manning, como se estivesse na década de 1970.

"Black Star Dancing" pertence ao EP homônimo de Noel e sua banda Noel Gallagher's High Flying Birds. O projeto está previsto para chegar ao mercado no dia 14 de junho.

Max Everson
Por Max Everson 08/05/2019 - 14:41Atualizado em 08/05/2019 - 14:43

Os 3 integrantes do Led Zeppelin, Jimmy Page, Robert Plant e John Paul Jones, estão de volta, o motivo??? Um documentário que está sendo produzido para ser exibido no festival de Cannes.

O projeto faz parte do 50º aniversário do lançamento do primeiro disco de estúdio da banda britânica.

O longa sobre o nascimento e evolução da música moderna nos Estados Unidos, contará com direção de Bernard MacMahon, responsável por "American Epic" e terá a co-produção de Jack White.

Essa é a primeira vez que os músicos concordam em contar a história da música, juntos, em um documentário.

Em entrevista a "Variety", John Paul Jones revelou que "era a hora certa para nós contarmos nossa própria história pela primeira vez em nossas próprias palavras, e acho que esse filme realmente dará vida a essa história".

De acordo com a publicação, os artistas confiaram no trabalho de Bernard, após verem a grande produção que ele já dirigiu.

"Depois de ver o que ele havia feito com 'American Epic', achei que era o certo para contar nossa história", contou Page.

 

Max Everson
Por Max Everson 08/05/2019 - 11:04Atualizado em 08/05/2019 - 11:07

O segundo semestre de 2019 vai trazer um presente e tanto para os fãs catarinenses de rock: as bandas Scorpions e Megadeth, ícones do hard rock e do trash metal, se apresentam na Arena Petry, em São José, no dia 28 de setembro. Outras cidades que estão previstas na turnê incluem São Paulo (com Whitesnake e Europe), Uberlândia, Curitiba e Brasília – além do Rio de Janeiro, onde as bandas se apresentam no “Dia do Metal” do Rock In Rio, em 4 de outubro.

Os alemães do Scorpions já confirmaram o show em seu site e redes sociais. O Megadeth ainda não se pronunciou oficialmente, mas a direção da Arena Petry garantiu a presença da banda. Os ingressos, que ainda não têm valores definidos, começam a ser vendidos a partir da metade deste mês.

Na estrada desde os anos 1960, o Scorpions lançou seu álbum de estreia em 1972, com clássicos como Virgin Killer e Taken by Force. O grupo fez uma turnê de despedida ainda em 2010, mas, apesar disso, já lançou mais dois discos desde então, continuando a fazer turnês pelo mundo. Já o Megadeth é um dos “Big Four” do trash metal, ao lado de Metallica, Slayer e Anthrax. O trabalho de estúdio mais recente da banda é Dystopia, de 2016, que conta com o guitarrista brasileiro Kiko Loureiro (Angra). O grupo está atualmente trabalhando em um novo álbum.

por Marina Martini Lopes

 

Max Everson
Por Max Everson 07/05/2019 - 15:33Atualizado em 07/05/2019 - 15:35

Com 31 anos completos no último domingo, dia 5, Adele está mais plena do que nunca. Depois de superar uma dolorosa - recente - separação, a cantora fez um post no Instagram lembrando dos dias complicados pelo qual passou, mas sem deixar de anunciar novidades para um novo disco.

Ao que tudo indica, o 4º álbum de estúdio já está em produção e deverá se chamar "30". De forma irônica ela avisou "será um disco de drum 'n' bass "que irá irritar vocês".

Confira a mensagem completa:

"Cheguei aos 31 ... graças a Deus ?
Os 30 me testaram tanto, mas eu estou no controle e dando o máximo para sair mais forte de tudo isso. Não importa por quanto tempo estejamos aqui, a vida é constante e complicada às vezes. Eu mudei drasticamente nos últimos dois anos e ainda estou mudando e está tudo bem. 31 vai ser um grande ano e eu vou gastá-lo todo comigo mesma. Pela primeira vez em uma década, estou pronta para sentir o mundo ao meu redor e finalmente aproveitá-lo. Seja gentil consigo mesmo, somos apenas humanos, vá devagar, desligue o telefone e ria em todas as oportunidades. Aprenda a amar verdadeiramente a si mesmo é o que importa, e eu acabei de perceber que isso é mais do que suficiente. Eu aprenderei a te amar muito com o tempo ? Seus malditos selvagens, "30" será um disco de drum 'n' bass para irritá-los. Bola pra frente"

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Adele (@adele) on

 

Tags: NoAr Adele

Max Everson
Por Max Everson 06/05/2019 - 14:34Atualizado em 06/05/2019 - 14:40

Tiago Iorc pegou a todos de surpresa com sua volta ao mundo da música e das redes sociais. Na madrugada deste domingo (05), o cantor anunciou seu retorno publicando uma foto em seu perfil do Instagram e lançando o álbum "Reconstrução", com o total de 13 faixas. Um ano e quatro meses sem holofotes após anunciar afastamento da web, o artista, vencedor de dois prêmios no Grammy Latino 2017, ainda divulgou canções com clipes dirigidos por ele mesmo em seu canal no Youtube. "Concluí que um descanso vai me fazer bem. Me ausentar dessa nossa vida instagrâmica que nos consome e me permitir viver sem calcular tanto, me descobrir em novos medos, voltar a ter certeza do que é improvável", disse ele, na época. Agora a Som Maior já está com o novo albúm em mãos e algumas já foram separadas para pipocar na programação.....

 

Max Everson
Por Max Everson 03/05/2019 - 15:57Atualizado em 03/05/2019 - 15:59

Já é de conhecimento dos fãs que os caras do Iron Maiden estão trabalhando em estúdio há algum tempo e deverão concluir em breve um novo álbum. Mas há  rumores de que a banda já está com quase tudo pronto para colocar esse novo trabalho no mercado.

Segundo apurou o Iron Maiden 666, principal site mantido por fãs da banda na América Latina, fotos e relatos que chegam através das redes sociais não deixam mais dúvidas de que esse novo disco estaria em sua fase de finalização.

O site afirma que há muitos registros da presença dos membros da banda em Paris, onde fica o Guillaume Tell Studios, o mesmo onde o Iron Maiden gravou Brave New World e The Book Of Souls.

Para provar que o 17º álbum de inéditas do grupo pode ser anunciado a qualquer momento, o Iron Maiden 666 fez um apanhado de pistas colhidas nos últimos 12 meses. 

 

Tags: nOaR Iron Maiden

Max Everson
Por Max Everson 02/05/2019 - 14:32Atualizado em 02/05/2019 - 14:36

 

Charlotte Gonin é conhecida pelo seu nome artístico Vitaa. A cantora francesa vendeu mais de 1,6 milhões de disco em seu país e mais de 700 milhões de visualizações entre seus dois canais do YouTube.

 Em 2018, ela foi a mulher mais ouvida na rádio francesa, mesmo ano em que lançou “Je Te le Donne”. Mais tarde, a canção ficou no Top 20 da parada na França e alcançou o terceiro lugar no ranking da Bélgica, e agora faz parte da programação Som Maior No Ar, 

 

Tags: NoAr Vitaa

Max Everson
Por Max Everson 02/05/2019 - 14:28Atualizado em 02/05/2019 - 14:30

Na última quarta-feira, dia 1, Madonna marcou seu retorno aos holofotes com uma mega apresentação durante o Billboard Music Awards 2019, em Las Vegas. A artista fez a primeira performance ao vivo de “Medellín”, ao lado do cantor Maluma, canção que estará em Madame X, seu novo álbum.

Segundo o TMZ, a rainha do pop teria investido US$ 5 milhões para criar o efeito com os hologramas para usar na premiação em Las Vegas.

No palco, apareceram diversas projeções dela mesma em caracterizações iguais às do clipe da música. Todo o cenário recriava a atmosfera do vídeo, uma grande festa cigana. .

Madame X será lançado no dia 14 de junho. 

 

Tags: NoAr Nadonna

Max Everson
Por Max Everson 30/04/2019 - 10:30Atualizado em 30/04/2019 - 10:36

Depois de gravar versões em português para clássicos de Bob Dylan, Lou Reed e John Cale, Zé Ramalho partiu para o heavy metal. A entrada do paraibano no bloco dos camisa preta contou com a ajuda do guitar hero Robertinho do Recife, um cara que manja tudo de rock pesado.

A dobradinha Zé Ramalho + Robertinho fez uma versão para Mr.Crowley, clássico do disco Blizzard of Ozz, de 1980. Batizada Sr. Ozzy, a música em português é uma espécie de homenagem aos devaneios de Ozzy. A potente e grave voz de Zé canta versos como "Senhor Ozzy, anjo da asa vermelha/Não tem barreira/Pode voar a vontade". Por sua vez, o arranjo começa com uma pegada acústica e depois ganha um solo de guitarra esplêndido de Robertinho.

 

Max Everson
Por Max Everson 26/04/2019 - 15:47Atualizado em 26/04/2019 - 15:49

Matriz é, provavelmente, o disco mais surpreendende de Pitty. Ela o criou de forma bem livre, seguindo sua intuição e acabou fazendo um álbum que contém referências de sua história e aponta novos caminhos por onde sua música pode passar. 

Composto e gravado durante a primeira parte da turnê “Matriz”, o disco partiu dessa ideia de revisitar suas origens, chegar na matriz sonora e perceber como isso se comporta nos dias de hoje, como através do rock ela dialoga com novas influências e toda sua trajetória até aqui. 

O álbum foi gravado parte no Rio, no Estúdio Tambor, parte em São Paulo e parte em Salvador, onde Pitty nasceu e viveu até os 23 anos quando foi para o Rio gravar o primeiro disco. Na busca por suas orgines acabou trazendo algumas referências da Bahia, que ela nem imaginava. Assim, participam do álbum os baianos: Lazzo Matumbi (“Noite Inteira” e “Sol Quadrado”), Larissa Luz (“Sol Quadrado”), Nancy Viegas (“Noite Inteira”) e BaianaSystem (“Roda”). Entre as 13 faixas há duas releituras, de “Motor” (Teago Oliveira), da banda Maglore e “Para o Grande Amor”, de Peu Souza. Todas as faixas foram produzidas por Rafael Ramos, com excessão de “Redimir”, produzida pelo pernambucano Pupillo, que também tocou percussão, bateria e programação eletrônica.

“Matriz” é um disco vigoroso, com o rock pulsando em cada acorde e “conversando” com outros ritmos, outros artistas, outros compositores. “Matriz” é o chão de Pitty, de onde ela veio e para onde está indo. 

 

Max Everson
Por Max Everson 26/04/2019 - 15:07Atualizado em 26/04/2019 - 15:09

Em clima de lançamento de “Vingadores: Ultimato”, a Marvel divulgou, nesta sexta-feira (26), uma playlist com mais de 400 músicas.

Só este filme, por exemplo, conta com mais de 30 faixas dentro da lista. Há ainda, além dele, canções de produções como “Capitã Marvel”, “Hulk”, “Capitão América”, “Thor”, “Homem de Ferro”, entre outros.

Entre os artistas que estão presentes, há AC/DC, Brian Tyler, Danny Elfman, Henry Jackman, Craig Armstrong, Tyler Bates e muitos outros.

O filme “Vingadores: Ultimado” estreou nesta quinta-feira (25) em diversas salas de cinema de todo o Brasil. Confira seu trailer:

 

Tags: NoAr Marvel

Max Everson
Por Max Everson 18/04/2019 - 11:33Atualizado em 18/04/2019 - 11:36

Rush: graphic novel vai mostrar produção de álbum clássico da banda

O estúdio californiano de animações Fantoons acaba de anunciar a graphic novel oficial do Rush, que narra a produção do clássico álbum  A Farewell To Kings, lançado em 1977 pela banda canadense.

“Nós trabalhamos muito para criar um material gráfico que celebra a música do Rush e a criação do álbum como uma verdadeira obra de arte”, diz no material de divulgação o diretor criativo de Fantoons, David Calcano, acrescentando que este livro, batizado de The Making Of Farewell To Kings: The Graphic Novel, será algo muito representativo não só para os fãs do grupo como para os amantes de quadrinhos.

A história contada através de artes gráficas mostra a produção de A Farewell To Kings revivendo ensaios de produção e as ideias trocadas entre Alex Lifeson, Geddy Lee e Neil Peart que resultaram em clássicos como “Closer To The Heart” e “Xanadu”.

O livro apresenta obras de arte assinadas por Juan Riera e Itai Manero e foi coescrito por David Calcano e Lindsay Lee com a contribuição Alex Lifeson e o produtor do álbum Terry Brown, que também escreveu o prefácio.

The Making Of Farewell To Kings: The Graphic Novel já está disponível para visualização de imagens e pré-venda. O lançamento mundial está programado para 10 de setembro nas melhores livrarias e lojas de quadrinhos.

mais informações (em inglês) - https://rushbackstage.com/product/6XAMRU115

Tags: NoAr Rush

Max Everson
Por Max Everson 15/04/2019 - 16:10Atualizado em 15/04/2019 - 16:16

Depois de algumas semanas publicando fotos misteriosas em seu perfil no Instagram, Madonna finalmente divulgou o nome de seu novo e 14º álbum da carreira: Madame X. A data de lançamento, porém, ainda é desconhecida.

Neste domingo, 14, a cantora publicou três vídeos na rede social, um deles mais longo que explica do que se trata o disco.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Madonna (@madonna) on

Pela descrição narrada por ela, Madonna vai encarnar diferentes personalidades em seu novo trabalho. Ela aparece loira, morena, com diferentes roupas e atitudes.

"Madame X é uma agente secreta, viajando pelo mundo, mudando identidades, lutando pela liberdade, trazendo luz a lugares escuros. Ela é uma dançarina, professora, chefe de Estado, governanta, uma equestre [que tem habilidades em montaria], uma prisioneira, uma estudante, mãe, criança, professora, freira, uma cantora de cabaré, uma santa, uma prostituta", diz a cantora. Por fim, ela afirma que "Madame X é uma espiã na casa do amor".

Antes do vídeo, ela compartilhou trechos desse texto no Instagram e, antes disso, um grande 'x' dividido em nove fotos. Em fevereiro, ela já havia utilizado as redes sociais para dar pistas do novo álbum.

agora é aguardar!

Tags: NoAr Madonna

Max Everson
Por Max Everson 03/04/2019 - 11:51Atualizado em 03/04/2019 - 11:52

Gangsters Are Running This World" é o novo som do baterista da banda Queen, Roger Taylor!

O single, divulgado nesta semana, chega para reforçar a carreira do músico como cantor e compositor e também faz parte da sua carreira solo.

Em sua letra, o lendário autor de "Radio Ga Ga" fala sobre a situação política do mundo.

Roger segue em carreira paralela desde 1981 de forma solo ou a frente do grupo The Cross. Ainda não se sabe se faixa integrará um novo disco. O último álbum lançado foi "Fun on Earth", no ano de 2013.

Max Everson
Por Max Everson 02/04/2019 - 10:50Atualizado em 02/04/2019 - 10:53

De surpresa, e prestes a embarcar em uma turnê nacional, o Los Hermanos lançou uma música inédita, a primeira em 14 anos.

a música tem Marcelo Camelo (voz, guitarra, congas e shake), Rodrigo Amarante (guitarra, garrafa e pandeirola), Bruno Medina (teclados), Rodrigo Barba (bateria) e Gabriel Bubu (baixo). Produzida pela própria banda, a canção foi gravada no estúdio Cia. dos Técnicos nos dias 24, 25 e 26 de março de 2019.

A turnê nacional começa nesta sexta-feira, 5, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Caso goste de Los Hermanos, segue agenda de shows da turnê:
(Santa Catarina está fora da lista)

05/abril - Arena Fonte Nova, Salvador/BA

06/abril - Marina Park, Fortaleza/CE

12/abril - Centro de Convenções, Recife/PE

13/abril - Espaço Cultural, João Pessoa/PB

26/abril - Esplanada do Mineirão, Belo Horizonte/MG

27/abril - Arena Mané Garrincha, Brasília/DF

30/abril - Área Verde do Álvares Cabral, Vitória/ES

04/maio - Maracanã, Rio de Janeiro/RJ

10/maio - Pedreira Paulo Leminski, Curitiba/PR

11 e 12/maio - Pepsi on Stage, Porto Alegre/RS

Max Everson
Por Max Everson 26/03/2019 - 11:02Atualizado em 26/03/2019 - 11:04

Paul McCartney, 76 anos, começa nesta terça-feira (26), no Allianz Parque, em São Paulo, sua oitava turnê pelo Brasil. Ele repete o show em SP na quarta-feira (27) e encerra a passagem pelo país em Curitiba, no sábado (30).

Os ingressos para o show de Curitiba e para o primeiro dia em SP estão esgotados. Para o dia 27 em SP, há poucos ingressos disponíveis. Segundo a assessoria de imprensa do evento, foram vendidos 43 mil dos 48 mil ingressos para este show até o final da tarde de segunda-feira (25).

Os preços para estes ingressos restantes da quarta-feira (27) vão de R$ 200 (cadeira superior meia) a R$ 890 (pista premium)

Qual é o setlist?

"A Hard Day's Night" (The Beatles)
"Junior's Farm" (Wings)
"Can't Buy Me Love" (The Beatles)
"Letting Go" (Wings)"
"Who Cares"
"Got to Get You Into My Life" (The Beatles)
"Come On to Me"
"Let Me Roll It" (Wings) (com trecho de "Foxy Lady")
"I've Got a Feeling" (The Beatles song)
"Let 'Em In" (Wings)
"My Valentine"
"Nineteen Hundred and Eighty-Five" (Wings)
"Maybe I'm Amazed"
"I've Just Seen a Face" (The Beatles)
"In Spite of All the Danger" (The Quarrymen)
"From Me to You" (The Beatles)
"Dance Tonight"
"Love Me Do" (The Beatles)
"Blackbird" (The Beatles)
"Here Today"
"Queenie Eye"
"Lady Madonna" (The Beatles)
"Eleanor Rigby" (The Beatles)
"Back in Brazil"
"Fuh You"
"Being for the Benefit of Mr. Kite!" (The Beatles)
"Something" (The Beatles)
"Ob-La-Di, Ob-La-Da" (The Beatles)
"Band on the Run" (Wings)
"Back in the U.S.S.R." (The Beatles)
"Let It Be" (The Beatles)
"Live and Let Die" (Wings)
"Hey Jude" (The Beatles)
Início do bis: "Birthday" (The Beatles)
"Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" (The Beatles)
"Helter Skelter" (The Beatles)
"Golden Slumbers" (The Beatles)
"Carry That Weight" (The Beatles)
"The End" (The Beatles)

vai no show do Paul? 

Max Everson
Por Max Everson 22/03/2019 - 11:32Atualizado em 22/03/2019 - 11:34

"Boas novas, boas novas, boas novas... pra você", repete Lô Borges no refrão de Entre outras canções, melodiosa composição inédita apresentada pelo artista mineiro em single que chega hoje, 22 de março de 2019, ao mercado fonográfico, anunciando o álbum que Lô lançará em abril.

 

Max Everson
Por Max Everson 20/03/2019 - 10:49Atualizado em 20/03/2019 - 10:59

A ressurreição da fita cassete

Em plena era do consumo de áudio via streaming, as fitas cassetes ainda têm fãs

Acreditava-se que ela estava enterrada junto com os aparelhos de vídeo VHS ou as cabines telefônicas, mas a fita cassete de áudio (K7) voltou a ser fabricada na França por uma empresa que já exporta este produto para cerca de trinta países.

Desde 2017, vários profissionais correram para a porta desta pequena empresa situada próxima ao turístico Monte San Michel (noroeste), especializada na fabricação de fitas magnéticas. O motivo: em meio ao domínio do CD e do streaming, as K7 ganharam uma nova vida por conta do crescimento da base de fãs do formato.

“Nos demos conta que já estava acontecendo algo que não acompanhamos inicialmente”, admite Jean-Luc Renou, presidente da Mulann, empresa que movimenta cerca de 5 milhões de euros.

Especializada em vender fitas magnéticas para os bilhetes do metrô e pedágios, esta empresa com cerca de 40 empregados decidiu aproveitar a oportunidade: dedicou cinco pessoas para o desenvolvimento de fitas cassetes, que começaram a ser comercializadas em novembro, duas décadas depois da produção do formato ser encerrada na França.

“Partimos de uma fórmula química que já tínhamos para a fita de áudio de gama alta. Tivemos que resolver alguns problemas técnicos e de corte”, diz Renou, destacando que o grau de precisão é medido em micro.

Entre máquinas e o forte cheiro de solvente, Laurent, “operador de corte” segundo o termo funcional exato, verifica minuciosamente a qualidade da produção. “Em formatos de 60 minutos, usamos 89 metros de fita!”, explica.

As cassetes, com um design vintage laranja e preto, são vendidas a 3,49 euros a unidade. São produzidas milhares ao mês que são exportadas para profissionais da indústria fonográfica que gravam nelas os álbuns lançados pelas gravadoras.

A empresa vende 95% de sua produção para países como Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Malta, Suécia, Israel e Uzbequistão, explica Théo Gardin, diretor comercial, de 27 anos, que revela que nunca conheceu os inconvenientes do ‘walkman’, quando a fita embolava e a saída era usar uma caneta esferográfica para rebobiná-la.

Para explicar este renascimento, Ronan Gallou, diretor-geral da Mulann, acredita na necessidade de “possuir objetos” numa época onde “todo se desmaterializa”.

“Quando alguém ouve música no Spotify ou Deezer, o comum é não ouvir uma canção inteira, passa-se facilmente para outra. Com um cassete, ouve-se o álbum inteiro”, defende Gallou, destacando que foi lançada recentemente neste formato a trilha sonora do filme de “Bohemian Rhapsody”, baseado na biografia de Freddie Mercury, vocalista do grupo Queen.

Para Jean-Luc Renou, ainda existe um pequeno lugar para o som analógico no universo da música. “Vamos usar como exemplo o aquecimento: temos os aparelhos aquecedores em casa, é cômodo, isso é o digital. Mas também podemos nos esquentar em frente ao fogo de uma lareira, que é algo que nos remete ao passado, isso é a cassete e o disco de vinil”, garante.

Em uma grande loja de música na cidade de Rennes (noroeste), a paixão pela cassete não emplacou. “Temos algumas vendas, mas é algo raríssimo, não tem nada a ver com o fenômeno do vinil”, reconhece um vendedor que prefere não se identificar.

e você??? voltaria a usar um toca-fitas, ainda tem fitas k7 guardadas? Já imaginou instalar no carro aquele toca-fitas auto-reverse com amplificador da Tojo?

 

Max Everson
Por Max Everson 18/03/2019 - 11:34Atualizado em 18/03/2019 - 11:38


Faleceu neste final de semana, o guitarrista Dick Dale, músico que também foi considerado o "pai da surf music" e artista que teve muita influência sobre bandas como Jimi Hendrix, Beach Boys e guitarristas de heavy metal.

Dick tinha 81 anos e a causa da morte não foi revelada.

Uma das canções que consagrou o guitarrista foi "Misirlou", faixa da abertura de "Pulp Fiction". Na ocasião Dick estava no comando do The Del Tones, na década de 60.

Sobre o apelido que ganhou, "pai da surf music", Dick dizia que tentava replicar através das guitarras a ideia de uma onda engolfando um praticante de surf.

O músico também trabalhou em parceria com a fabricante de instrumentos Fender e juntos atuaram na construção de novos aparelhos e amplificadores mais potentes para alcançar potenciais nunca antes imaginavéis.

Apesar de ser canhoto, Dick não invertia as cordas para tocar.

 

Tags: NoAr Dick Dale

Max Everson
Por Max Everson 15/03/2019 - 15:32Atualizado em 15/03/2019 - 15:34

Você consegue imaginar o sucesso de Madonna, "Like a Virgin", em outro estilo musical?

Para quem achava que não, o Mötley Crüe mostrou que é possível sim! A cinebiografia da banda, "The Dirt", que estreia no dia 22 de março, na Netflix, trará uma versão da faixa da rainha do pop.

A história do Mötley Crüe, grupo que teve início em 1981 e encerrou suas atividades em 2015, será retratada através da direção de Jeff Tremaine, responsável pela franquia de Jackass.

Para o documentário participam do elenco Douglas Booth como Nikki Six, Iwan Rheon é Mick Mars, Machine Gun Kelly vive Tommy Lee e Daniel Webber interpreta Vince Neil.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13