Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Nyra Terezinha Búrigo Scouto - Primeira médica em Criciúma (Parte 5)

Henrique Packter
Por Henrique Packter 02/01/2020 - 07:05Atualizado em 02/01/2020 - 07:08

VEREADORES EM 1987

Adair José Spillere, Ademir Uggioni (presidente 1987/1988, depois vice-prefeito), Ageci Mendes Xavier, Aguinaldo Nunes, Altamiro Bittencourt (administrador do HSJ), Antônio de Jesus Costa (o Costinha, craque do Itaúna), Arnoldo Paulo Ribeiro, Avelino Dilney Pedro Lopes (pai do jornalista Ney Lopes e autor do projeto que me concedeu título de Cidadão Honorário de Criciúma), Dizelda Coral Benedet (nossa Primeira Vereadora), Itamar da Silva (seis mandatos de vereador, prefeito interino), José Argente Filho, Jorge Uliana Filho (presidente 1985/1987), Jucimar Magrim, Lourival Lopes, Miguel Medeiros Esmeraldino  (funcionário de Diomício Freitas), Ricardo Back (Paquinha, de Forquilhinha),  Sérgio Uliano, Vânio de Oliveira (pastor, gravou músicas religiosas),
Verceli Nunes Coral (depois vice-prefeito), Woimer Loch (presidentes: 1983/1985, sogro de João Paulo  Kleinubing), Wilmar da Conceição.
 

(Entre os suplentes: jornalista Aires Joaquim Medeiros Fª, contabilista Amaro Alves Fernandes).

Prefeito José Augusto Hülse, a Câmara de Vereadores e seus presidentes, possibilitaram a construção da primeira UTI do HSJ, responsável por tantas vidas salvas em nossa região, desde então.

Uma semana após a formatura, novembro de 1968, casam-se Nyra e Odilon Froelich. Em seguida vão para o RJ onde fazem residência Médica para especializarem-se, NYRA no Hospital Moncorvo Filho em Ginecologia e Obstetrícia. ODILON faria cirurgia geral. Ingressam no curso de especialização médica em 31.12.1969, após aprovação em concurso público. Como se sabe, 1968 foi o ano que não houve.

RESIDÊNCIA MÉDICA DE NYRA, RJ

Instituto de Ginecologia

Localizado no Hospital Moncorvo Filho, Centro do RJ, o Instituto de Ginecologia é centro de referência para o Grande Rio e de todos os municípios do estado. Atendeu 250 mil pacientes em seus 57 anos de funcionamento. Nyra trabalhou nesta instituição há 48 anos, quando o serviço contava apenas 9 anos.

Apenas mais duas instituições públicas no RJ possuem Serviço de Radioterapia: Inca e Hospital de Oncologia. Rádio é procedimento terapêutico imprescindível na oncologia. Trabalham hoje, também com reprodução humana e fertilidade e, através de uma reestruturação para melhor atendimento o próximo passo será promover reprodução IN VITRO.

Instituto de Ginecologia - IG

Centro de Ciências da Saúde - CCS

Rua Moncorvo Filho Nº 90. Centro / RJ.

E-mail: administracaoarrobaig.ufrj.br; gabinete@ig.ufrj.br

Universidade Federal do RJ /UFRJ
CONCLUSÃO DA RESIDÊNCIA

Gol número mil de PELÉ no Maracanã em jogo noturno contra o Vasco da Gama, ocorreu em 19.11.1969, quando NYRA e ODILON estavam no RJ. Em dezembro de 1971 transferem-se para Criciúma. De janeiro de 1972 a final do ano 2.000 quando Nyra faleceu, são 28 anos de trabalho médico em Criciúma.

Em abril de 1972 são admitidos no Corpo Clínico do HSJB, NYRA Terezinha Escouto Froelich como ginecologista e obstetra e Odilon Froelich como cirurgião geral.  2.996.
 

4oito

Deixe seu comentário