Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Pelo Twitter, Luciano Hang apresenta ação contra Paulo Eccel (PT)

Empresário explica motivos da ação e pede R$ 100 mil de indenização, que serão doados
Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 27/10/2018 - 20:37Atualizado em 27/10/2018 - 20:42

O empresário Luciano Hang, da rede de lojas Havan, usou as redes sociais para anunciar que está entrando na justiça contra o ex-prefeito de Brusque, Paulo Eccel (PT). Segundo ele, a ação busca compensação por danos morais causados pela divulgação de informações relativas à denúncia de esquema de pagamento, por parte de empresas, de sistema de envio de mensagens em massa em favor de Jair Bolsonaro (PSL). Denúncia que ele chama, desde a publicação no jornal Folha de São Paulo, de fake news.

A pena pedida na ação é de R$ 100 mil reais, que serão repassadas para a Apae de Brusque.

Sobre o fato de Hang citar Eccel como "prefeito cassado", vale lembrar que o ex-prefeito teve seu mandato cassado em 2015 por usar o orçamento de publicidade intitucional do município em favor da campanha de reeleição, com gastos exorbitantes. A pena foi revertida mais de dois anos depois, no Supremo Tribunal Federal.  

4oito

Deixe seu comentário