Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Verba para o Bairro, anúncios do governador e outras da coluna

Escola de educação profissional do Bairro da Juventude pode fechar por corte de verba do Senai
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 29/11/2018 - 06:49Atualizado em 29/11/2018 - 08:47

A direção do Senai comunicou ao Bairro da Juventude que vai cortar o repasse mensal de R$ 30 mil, usado para funcionamento da escola de educação profissional, que atende 400 jovens carentes entre 14 e 17 anos.

Mas, sem os recursos, a escola vai fechar.

Com a escola em funcionamento, os jovens aprendem uma profissão e são levados depois ao mercado de trabalho, boa parte deles nas indústrias da região e do estado.

Sem a escola, os garotos vão para as ruas, sem formação, sem orientação, à disposição (ou a serviço) da bandidagem (especialmente, do tráfico).

A escola de educação profissional é um dos principais braços do Bairro da Juventude. Cumpre um papel social inestimável. Não pode fechar. Tem é que ampliar. E abrir outras.

O Bairro atende no total 1,5 mil crianças carentes de Criciúma e região, em tempo integral, com creche, escola de ensino fundamental, oficinas de arte e cultura, a escola profissional, e outras atividades.

Para funcionar tudo isso, o Bairro depende de doações, repasses (como esse do Senai) e campanhas (como a que é feita pelos supermercados, em parceria com a Som Maior e A Tribuna).

A justificativa do Senai para o corte é que o recursos deveriam ser utilizados para atender apenas filhos de funcionários da indústria. E eles são 174 - de todos os 400.

Mas, o que fazer com os outros mais de 200? Simplesmente colocá-los na rua?

E o papel social das indústrias, e do Senai, que é do sistema Fiesc?

Não há no estado outro projeto social tão importante (e tão bem encaminhado) quanto o Bairro da Juventude. O prefeito de Joinville, Udo Döhler, disse exatamente isso, quando foi conhecê-lo. E isso não pode ser ignorado.

Se o repasse realmente for cancelado, será uma derrota para a cidade e região. A mais dura do ano!

A gravidade da situação requer uma articulação rápida dos empresários associados à Fiesc, industriais que ajudam a manter o Senai, direção da Acic, dos sindicatos patronais, e o prefeito da cidade, vereadores, todos os demais políticos.

Talvez a primeira iniciativa seja trazer o presidente da Fiesc e o diretor do Senai para conhecerem o Bairro da Juventude, e saber onde (e como) está sendo aplicado o recurso. Eles vão ficar muito bem impressionados.

E, podem passar a tratar o assunto de outra forma.

É preciso reverter essa decisão!


Concessão

Serão abertos hoje, 14h, os envelopes da concorrência pública para concessão da Rodoviária de Criciúma para a iniciativa privada.

Em princípio, a intenção do prefeito Clésio Salvaro é utilizar os recursos da concessão financiar (pelo menos uma parte) das obras para “rebaixamento" da avenida Centenário naquela região, o que permitirá passagem de pedestres por cima.


Só na próxima semana

O coronel Flavio Graff, porta voz do grupo de transição, garantiu, ontem à noite, que o governador eleito Comandante Moisés só anunciará novos integrantes da sua equipe na próxima semana, depois de concluída (e apresentada) a proposta de reforma administrativa.

A previsão é que os técnicos fechem a reforma até amanhã, e apresentem ao Comandante Moisés.

Hoje, o governador vai cumprir agenda fora do Centro Administrativo, provavelmente fazendo consultas ou convites para futuros integrantes da sua equipe.


Comando da PM

O governador eleito Comandante Moisés teve reunião reservada com o coronel Araújo Gomes, comandante geral da Polícia Miliar (foto).

Discutiram ações que podem ser encaminhadas para enfrentamento ao crime organizado e restabelecimento da segurança.

Araújo é um dos integrantes do atual governo cotados para continuar no cargo. O convite pode ter sido feito nesta reunião.


Sem secretário

Repercutiu no ambiente do futuro governo a informação dada, ontem, nesta coluna, de que o Comandante Moisés não deve nomear secretário de Segurança Pública. Aliados do governador eleito confirmaram que realmente é a intenção.

Desta forma, Moisés deve dar status de secretaria às polícias Civil e Militar.

No Rio, governador eleito, Wilson Witzel (PSC), está fazendo o mesmo.


Decisão em Criciúma

O novo presidente da OAB catarinense, Rafael Horn, eleito ontem, vai ficar devendo o seu mandato à Criciúma.

Ele ganhou com vantagem de 300 votos na cidade, e apenas 100 votos no estado.

A vantagem tem relação direta com o prestigio e a liderança do advogado Fábio Jeremias, que está concluindo seu mandato na OAB local. Ele foi eleito para o Conselho Federal da Ordem.

Rafael Serafim (abraçado por Jeremias), foi eleito presidente em Criciúma.


No alto comando

O deputado federal eleito Ricardo Guidi (PSD) se reuniu, em Brasília, com o presidente nacional do partido, ministro Gilberto Kassab.

Falaram de perspectivas do partido para Santa Catarina e o país, e sobre expectativa do novo governo.

Kassab será secretário do governo de João Dória, em São Paulo.


A estreia

O futuro presidente da Fundação de Esportes de Criciúma, Nicola Martins, que vai assumir no dia 10, cumpriu, ontem, sua primeira “missão oficial”, em Brasília. Acompanhou o prefeito Clésio Salvaro em audiências no Ministério das Cidades e na Caixa.

Os dois entregaram camisas do Criciúma ao ministro e presidente da Caixa.

O deputado federal e senador eleito Esperidião Amin (PP) marcou e participou das audiências (foto).

Salvaro buscou recursos para eventos de Natal e o Parque do Imigrante.


Em sintonia

Deputado reeleito Luiz Fernando Vampiro (MDB) e deputado estadual eleito Felipe Estevão (PSL), os dois do Sul, se reuniram ontem, em Florianópolis.

Os dois firmaram pacto pelo exercício do “diálogo” e atuação conjunta por causas de interesse coletivo na região.

Os dois participarão do seminário "O Futuro Político”, que será realizado no sábado, em Capivari de Baixo.


Pedido para ficar

Durante encontro dos Secretários de Saúde de Santa Catarina, que acontece em Nova Veneza, o presidente do COSEMS (que representa todos os secretários municipais), Sidnei Bellé, informou que já foi enviado pedido ao governador eleito Comandante Moisés de transição pela permanência de Acélio Casagrande no comando da Secretaria de Saúde.

O mesmo pedido já foi feito também pelas três entidades que representam os hospitais.

Mas, as especulações no governo de transição indicam que a titular da secretaria deve ser a técnica de carreira Karen Leopoldo.


Referência

O Centro Dia Idoso, de Cocal do Sul, abre as portas hoje. O local é considerado referência para todo o estado e foi viabilizado pela Secretaria de Estado da Assistência Social, conta com quase 750 metros quadrados, com capacitação para atender cerca de 260 idosos. Os idosos terão acesso a piscina de hidroginástica coberta e climatizada, cancha de bocha oficial, salão de eventos, sala de jogos. O investimento é superior a R$ 1 milhão. A obra será inaugurada pela atual secretária de Assistência Social Romanna Remor (MDB) e teve início na gestão de Valmir Comin (PP). Os dois do Sul do estado.


Golpe

Lucas Esmeraldino, presidente do PSL de Santa Catarina, fez circular alerta de que estariam usando seu nome e foto para aplicar golpes de negociações de compra e venda de veículos pelo WhatsApp.


Economia

A Câmara de Vereadores de Araranguá foi mais uma a anunciar economia neste ano. São cerca de R$1 milhão. Entre as medidas adotadas para a redução dos custos está a não utilização de diárias, adiantamentos ou ajuda de custo com viagens.

4oito

Deixe seu comentário