Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Revogada liminar que suspendeu votacão do segundo impeachment

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 15/10/2020 - 17:28Atualizado em 15/10/2020 - 18:54

O desembargador Monteiro Rocha, do Tribunal de Justiça, revogou a liminar que havia concedido para suspender a sessão da Assembléia Legislativa que votaria o segundo impeachment do Governador Moises hoje à tarde.

Com a decisão, a sessão poderia ser realizada e a votação encaminhada. Mas, o presidente da Assembléia, deputado Julio Garcia, já havia transferido a votação para a sessão de terça-feira à tarde.

A decisão do desembargador foi tomada 15 minutos depois do anúncio do Presidente da Assembléia.

O advogado Marcos Probst, que defende o Governador Moisés, pediu liminar sustentando que a realização da sessão para votação do impeachment, às 15h de hoje, não cumpriria o prazo de 48h da publicação da decisão da comissão especial, estabelecido em lei.

A procuradora da Assembléia, Karula Lara, comprovou que o prazo foi respeitado, porque o ato foi publicado na terça-feira, 14h37min.

Nos bastidores da Assembléia, hoje pela manhã, todos os indicativos eram de nova derrota de Moisés. Deputados ouvidos apostaram em quatro ou cinco votos contra o impeachment. Na votação do primeiro impeachment foram seis votos.

A mudança da sessão para terça-feira não deve alterar o quadro.

 

4oito

Deixe seu comentário