Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

PT e PDT anunciam que estão coesos e que a decisão será na Frente

Os dois partidos acabam de distribuir nota conjunta
Por Adelor Lessa 22/06/2022 - 18:12 Atualizado em 22/06/2022 - 18:46

Os presidentes estaduais de PT e PDT, Décio Lima e Manoel Dias, acabam de anunciar, por nota oficial conjunta, que estão firmes e coesos na construção da Frente de Esquerda e que não vão permitir que as candidaturas nacionais possam trazer quaisquer interrupções na aliança.

No fim de semana, o PDT já havia definido internamente apoio à candidatura de Décio Lima a governador pela Frente.

Décio disputa na Frente a candidatura ao governo com o senador Dário Berger, PSB.

Dário havia anunciado na Rádio Som Maior que será candidato mesmo que não seja o indicado da Frente. Neste caso, acrescentou, já teria encaminhado um acordo com o PDT, que indicaria os candidatos a vice e senador na sua chapa.

O PDT descartou a possibilidade de compor com Dário fora da Frente.

Primeiro, anunciou que ficará na Frente e indicará o candidato ao senado.

Depois, se posicionou por Décio Lima.

Nos últimos dias, a direção estadual do PSB disse que os dirigentes nacionais de PT e PSB, e os candidatos Lula e Alckimin, iriam interrvir no caso e decidir pela candidatura de Dário, pelo mapeamento de compensações da aliança nacional.

A nota conjunta de PT e PDT pode ser tratada como um posicionamento diante da possibilidade levantada pelo PSB catarinense.

Abaixo, a nota conjunta dos presidentes de PT e PDT de Santa Catarina: 

NOTA OFICIAL

O PT e o PDT iniciaram uma trajetória, ao longo de dois anos, em um esforço coletivo e permanente na luta contra o fascismo, que culminou na união dos partidos em Santa Catarina de uma forma muito determinada.

Abrimos mão, desde o começo, do luxo de suas eventuais diferenças e, também, dos processos em curso a nível nacional e dos quais, em Santa Catarina, não temos governabilidade. Os partidos tomaram a decisão, desde o primeiro momento, de garantir que o povo catarinense tenha uma Frente coesa e firme, com um projeto de governo que toque, pela primeira vez, nas feridas da nossa gente. Não vamos permitir, inclusive, que as candidaturas nacionais possam trazer quaisquer interrupções nesta aliança, que começou com a clareza histórica dos nossos papéis.  

O PT e o PDT de Santa Catarina sabem da complexidade nacional. Entretanto, sabem mais ainda da importância que os nossos partidos representam para o Brasil com a nossa unificação na construção da Frente Democrática. 

Estamos convencidos de que a Frente Democrática irá para o segundo turno e ganhará as eleições no nosso Estado e derrotará definitivamente a pauta do atual governo, que nega a vida, defende o autoritarismo e despreza as grandes conquistas obtidas, historicamente, pelos nossos partidos.

O PT e o PDT assim se manifestam apertando as mãos e se abraçando na mesma grandeza da expressão do povo catarinense, na certeza da construção desta aliança, que se transformou, inclusive, em um paradigma exemplar para as nossas agremiações no Brasil. 

Estamos firmes e coesos na construção da Frente Democrática e vamos fazer todo este esforço porque o povo de Santa Catarina merece, principalmente, aqueles catarinenses que mais estão na vulnerabilidade e mais necessitam da presença de um Estado forte. 

Décio Lima 
Presidente do PT/SC

Manoel Dias
Presidente do PDT/SC

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito