Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

O risco na reunião dos prefeitos do sul com Udo amanha em Joinville

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 24/10/2017 - 06:56Atualizado em 24/10/2017 - 06:57

O prefeito Murialdo Gastaldon, de Içara, lidera comitiva de prefeitos do PMDB do sul que amanhã vai a Joinville para falar com o prefeito Udo Dhoeler sobre a eleição de 2018 e a candidatura de Eduardo Moreira ao governo. Querem, dependendo do desenrolar da conversa, pedir o seu apoio ao projeto. Mas, correm o risco de voltar de lá com a informação “em primeira mão” de mais uma candidatura no processo.

Udo disse no casamento do próprio Eduardo, dia 30 de setembro, em Florianópolis, que a sua eventual candidatura ao governo “depende do partido”, mas que o momento apropriado para tratar do assunto seria depois das convenções municipais. Que aconteceram no sábado, dia 21.

Portanto, a partir de domingo, em tese, chegou o momento.

Udo nunca descartou a candidatura ao governo. Mas, nunca disse que vai para a disputa. 

Pelo seu perfil, tem tudo para ser o “fato novo” na eleição, apesar dos seus 74 anos (vai completar 75 no sábado, dia 28). Empreendedor, vencedor, faz trabalhos voluntários até hoje no hospital e corpo de bombeiros, não é politico profissional/de carreira, mas é prefeito reeleito da maior cidade do estado.

No PMDB, é tido como nome de consenso, se resolver disputar.

Fora do PMDB, o governador Raimundo Colombo estaria estimulando a sua candidatura, por entender que é a única possibilidade de recompor a aliança PSD e PMDB, e provavelmente a tríplice aliança, agregando o PSDB.

Os prefeitos do sul sabem de tudo isso. Por isso, vão fazer com Udo a primeira reunião fora de Criciúma e região. Porque consideram estratégica. Se Udo disser que é candidato, ou sinalizar para isso, o "projeto Eduardo” pode perder sentido. Até porque o próprio Eduardo já disse e repetiu que apóia Udo.

Mas, se Udo descartar qualquer possibilidade de vir a ser candidato, eles tentarão uma deflação de para Eduardo e depois vão ao governador Raimundo Colombo.

 

4oito

Deixe seu comentário