Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

O impasse do PSL, Fabris no Paço e outras da coluna

Ainda sobre o PSL, a dificuldade para construir partido assim
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 12/01/2019 - 07:05

De tudo que já veio a público a respeito da crise no PSL catarinense, fica evidente, primeiro, que o presidente estadual do partido, Lucas Esmeraldino, precisa conversar mais com os seus "liderados".
Depois, chama a atenção uma crise tão aguda poucos dias depois da posse do governador do partido, dois meses depois da eleição em que o partido foi a grande surpresa no estado.
O que acontece é uma briga pelo comando do partido no estado, liderada por deputados federais eleitos. Mas isso acontece direto pela mídia, sem um processo de discussão, de questionamentos, enfrentamentos e disputas "dentro de casa".
As roupas sujas foram colocadas direto para lavação em público.
O PSL catarinense é um partido muito novo, construído praticamente de forma solitária por Lucas Esmeraldino em 2018, correndo o estado, para ter condições de disputar o pleito.
Mas é um partido a ser consolidado. Por enquanto, o seu sucesso nas urnas ainda pode ser creditado à "onda do 17", a onda de Bolsonaro.
Não será consolidado, no entanto, desta forma. Com brigas em público pelo poder.
Há questões muitos mais importante que merecem o empenho e esforço dos novos deputados, do que a briga pelo comando do partido.
Até porque, o mandato de Esmeraldino no comando do partido tem prazo. Que se preparem para disputar a convenção.
Ou, se o descontentamento for majoritário, e a decisão de mudar for da maioria, é só convocar uma convenção extraordinária e fazer a mudança. Sem o desgaste que está posto.
E o estatuto partidário tem regras para tal encaminhamento. 
Enfim, cautela e caldo de galinha nunca é demais!

Foco no mandato

Jessé Lopes vai focar no mandato de deputado estadual. Não tem interesse em participar da Executiva estadual. Disse também, em entrevista à Rádio Som Maior, que ficou surpresa com o convite para o seu pai, Julio Lopes. No meio do recha no PSL, mantem apoio a quem firmou compromisso. Lucas Esmeraldino e Daniel Freitas. Mesmo os dois estando em lados opostos.

Resultados

A Prefeitura de Criciúma divulgou, ontem, o resultado do primeiro mês de funcionamento da Casa do Empreendedor. A setor encaminhou a abertura de 235 novas empresas na cidade. No mesmo período, foram mais de 3,4 mil acessos na página eletrônica criada com esse objetivo. Mais de 120 protocolos foram emitidos por meio do site, enquanto que no local físico foram praticamente a metade, 65. No mesmo período, foram 60 empresas que deram baixa. Os números são promissores, o mês de janeiro, geralmente, registra baixo movimento neste setor. Pode ser um indicativo bom para o ano.

Time unido

Chamou a atenção na posse de Ricardo Fabris como prefeito interino, a presença maciça do PSD de Criciúma.
Estavam os vereadores Camila do Nascimento e Salésio Lima, os primeiros suplentes Solange Barp e Joares de Jesus, o ex-presidente da Executiva municipal, Lourival Pizzollo, e os integrantes da nova Executiva.
Fabris é o atual presidente do partido em Criciúma.
A única ausência anotada foi o vereador Zairo Casagrande.

Com Mourão

O médico criciumense Lannes Leal Cunha esteve com o vice-presidente da República, general Mourão, na posse do general Edson Leal Pujol no comando do Exército Brasileiro, nesta sexta-feira, em Brasília.

Observando

Sem pressa para fazer as mudanças no secretariado, o prefeito de Içara segue observando as movimentações políticas antes de tomar as decisões. O primeiro fato importante foi a eleição para a presidência da Câmara que culminou com a vitória de Rodrigues Mendes, o Sapinho, do MDB. Agora, os olhares de toda cidade estão voltadas à eleição da Cooperaliança, que sempre dá grande indicativo ao pleito municipal realizado em ano seguinte. A presidência da Cooperaliança será definida em 26 de janeiro.

Para o Inmetro

Mais um nome foi anunciado, ontem, pelo governador Carlos Moisés. O subtenente da Polícia Militar, Rudinei Luís Floriano, é o indicado para comandar o Instituto de Metrologia de Santa Catarina (IMETRO). Ele é graduado pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) em Gestão em Segurança Pública e cursa especializações nas áreas de gestão pública e de projetos. É do Norte do estado.

Sem movimentações

Já pelas regionais não há nada anunciado, somente movimentações de pessoas ligadas ao PSL e que indicaram nomes. Por enquanto, somente Vitor Bianco Junior já assumiu como delegado regional. São, pelo menos, mais 14 cargos de confiança em Criciúma. O prazo dado pelo governador Moisés é de 90 dias para a transição.

Aldo Schneider

O governador Carlos Moisés sancionou lei proposta pela Mesa Diretora da Assembleia Legislativa denominando Presidente Deputado Aldo Schneider a unidade administrativa do Legislativo, que funciona na região central de Florianópolis. Aldo faleceu no ano passado, quando cumpria mandato como presidente da Alesc.

Confiança

O 4oito mostra, nesse fim de semana, uma série de fotos clicadas pelo prefeito Roberto Biava na BR-285, na Serra da Rocinha. Ele e boa parte de Timbé do Sul estão muito otimistas que a obra, que vai andando em bom ritmo, estará realmente pronta no fim de 2020. O prefeito conta com isso, já que vai ser a "redenção econômica da cidade e região", como ele tem dito. Biava confia que os recursos estão 100% garantidos. Porém, a mudança de governo em Brasília tem levantado algumas desconfianças no entorno do prefeito, populares e algumas lideranças. Mas ao olhar a base dos três elevados e de boa parte da estrada feita, ele reforça a confiança. A aguardar.

4oito

Deixe seu comentário