Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

No momento que o mundo trata das questões ambientais, Criciúma toma um caminho diferente

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 23/11/2021 - 19:02Atualizado em 23/11/2021 - 19:17

O assunto do dia em Criciúma foi a extinção da Famcri e criação de uma secretaria. É fato, está encaminhado e será consumado nos próximos dias.

A discussão ocorre desde o início do ano. O vereador Nicola Martins, líder do Governo na Câmara, disse que quando o projeto ir para o Legislativo, será avaliado para auxiliar o Executivo. A vereadora Giovana Mondardo criticou a iniciativa.

A rigor, as fundações foram criadas porque teriam mais espaço para agir que secretárias, isso justificou a criação. Mas hoje, pouco acontece, ou não acontece.

A nota da prefeitura diz que já se planejava a transformação em Secretaria Municipal do Meio Ambiente, com possibilidade de agregar os setores de agricultura e sustentabilidade.

Além das questões ambientais, vai cuidar da agricultura e outros fatores.

Os funcionários de carreira continuarão sendo funcionários do município. 

O ex-prefeito, José Augusto Hülse foi ousado em seu mandato em nomear um secretário de meio ambiente. A fundação só foi instituída no governo de Anderlei Antonelli. 

Hoje vamos voltar Criciúma ao estágio do passado.

É sobretudo uma decisão polêmica tomada em um momento que o mundo inteiro fala das questões ambientais, Criciúma toma um caminho diferente. Parece não se preocupar tanto com as questões do meio ambiente. 
 

4oito

Deixe seu comentário