Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Estadualização do hospital, entrevista com Márcio Zacaron e outras da coluna

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 15/04/2018 - 07:47Atualizado em 15/04/2018 - 07:49

Os prefeitos da AMREC podem repetir os prefeitos do Vale do Araranguá e lotar um ônibus para ir ao governador Eduardo Moreira pedir que seja encaminhada a estabilização do hospital infantil Santa Catarina.

Em 2017, os prefeitos da AMESC lotaram ônibus duas vezes para levar seus pleitos ao governo do estado. E deu resultado.

A idéia de repetir a experiência com prefeitos da bacia do carvão e dirigentes de entidades surgiu depois da reunião desta sexta-feira na AMREC.

O prefeito Celso Salvaro, PSDB, levou de novo a situação e pediu apoio para proposta de o governo do estado assumir o hospital.

Afinal, nas outras regiões é diferente. O governo do estado tem hospitais públicos e participa efetivamente da divisão dos custos. 

Só em Criciuma a prefeitura “paga a conta” do único hospital publico infantil, que é regional. Metade (ou mais) dos atendimentos são pacientes de outros municípios.

Resultado: recursos do município que poderiam ser aplicados em saúde básica são direcionados para o hospital.

Mas, o prefeito Salvaro também tratou do assunto, poucas horas depois da reunião na AMREC, com a coordenação do FORCRI (fórum de entidades), agora sob comando do engenheiro Fernando Zancan.

O FORCRI comunicou que a estadualização do hospital Santa Catarina já está na sua lista de prioridades e comunicou que já pediu audiência ao governador Eduardo Moreira.

É possível que o FORCRI aproveite para levar na audiência os prefeitos e dirigentes de entidades.

Antes disso, o presidente da ACIC, Moacir Dagostim, anunciou quando assumiu que entre as três prioridades do seu mandato estava a defesa da estadualização do hospital infantil.

A mostrar que a Criciúma e região estão em sintonia em relação ao assunto. Prefeitos, entidades, políticos outros. E, principalmente, no momento que o governador é daqui e o secretário de saúde do estado também.

Enfim, o ambiente está favorável. As condições estão criadas. Se não resolver agora, nunca mais!

 

Zacaron quer diálogo

O médico Márcio Zacaron foi indicado pelo prefeito Clesio Salvaro e vai responder até segunda feira se aceita assumir a presidência do PSDB de Criciúma.

Ele é fundador do partido, foi vereador, é respeitados em todos os grupos do ambiente tucano.

Se vier a ser presidente, ele diz que vai investir no “diálogo”. Inclusive com o vereador Julio Kaminski, que foi a justiça com processo para se desfiliar do partido. Abaixo a entrevista.

 

Três perguntas

  1. Se for presidente do PSDB, como imagina administrarão a relação dos vereadores com o governo Salvaro?

Resposta - Se fosse eu presidente,  tentaria ser um catalisador dessa relação,  buscando mostrar que  a lógica, obviamente, aponta para um ganha-ganha, havendo essa aproximação.

 

2. Como entende adequado administrar a situação do vereador Kaminski? 

Resposta - Tenho um bom relacionamento com o Kaminski desde a sua candidatura na eleição anterior. Fui um incentivador para que ele fosse candidato. Nas duas oportunidades. É necessário desarmar os espíritos e, dialogar.

 

3. Como o sr imagina a eleição municipal de 2020? Quem seriam os prováveis aliados do Psdb? 

Reposta - Eleição para 2020 está muito distante, não com relação aos dois anos e pouco que faltam. Mas porque nem a eleição que está próxima tem definições, e muita coisa vai mudar. Inclusive regras de coligação na proporcional, etc. Então, para a eleição de 2020 o que nos resta é deixar a nossa casa bem arrumada. E  ir trabalhando de forma consistente e constante.

 

Ameaçados

Por motivações bem diferentes, há dois vereadores em Criciúma sob ameaça real cassação de mandato. Daniel Freitas, PSL, e Moacir Dajori, PSDB.

No caso de Dajori, situação é mais delicada. Em principio, é só aguardar o cumprimento do rito, quando o Tribunal de Justiça comunica oficialmente a câmara da decisão de cassar o seu mandato.

No caso de Daniel, o PP (partido de onde ele saiu) vai decidir na segunda feira se entrará com ação judicial contra ele por infidelidade partidária. O que levará a perda do mandato.

Mas, se o PP não fizer, um dos suplentes fará. Está tudo encaminhado para isso.

 

Na vizinhança

A usina de asfalto da prefeitura de Criciúma está instalada (e funcionando a pleno) no bairro Sangão, mas os moradores reclamam que ainda não tiveram nenhuma rua do bairro pavimentada.

Nesta semana, os moradores colocaram uma faixa para “lembrar” o governo do município.

 

Inovação

A capacidade criativa e de produção dos catarinenses foi destacada pelo governador Eduardo Moreira durante o lançamento da rede de Centros de Inovação, nesta sexta-feira, em Florianópolis. 

Moreira ressaltou o papel da Associação Catarinense de Tecnologia, Acate, no ato representada pelo seu presidente Daniel Leipnitz

Ele repetiu que está as suas prioridades a construção do centro de inovação de Criciúma. Os recursos estão assegurados. Só falta resolver problemas burocráticos.

 

4oito

Deixe seu comentário