Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Decisão sobre volta de Cancellier pode ir à Brasília

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 13/10/2021 - 19:10Atualizado em 13/10/2021 - 19:15

A Justiça Federal havia decidido pelo afastamento do prefeito de Urussanga Gustavo Cancellier (PP), por 60 dias ou até o fim do inquérito. A defesa peticionou que fosse cumprido e que o prefeito voltasse, mas o Ministério Público embargou, se posicionou pela manutenção do afastamento.

Diante da indefinição do Tribunal, os advogados devem encaminhar para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) o retorno do prefeito. Os indicativos não são positivos, por isso, a tendência, e isso deve ser confirmado amanhã, os advogados devem, subir para Brasília, tentar no STJ. Enquanto isso, ele continua afastado.

O governador Carlos Moisés da Silva teve reunião com o Republicanos em Brasília sobre a possibilidade de se filiar e ser candidato à reeleição. Mas a conversa foi quadrada, não foi boa e o assunto irá à direção nacional. Carlos Moisés não teve as garantias que gostaria, o resultado que ele queria.

Conversou também com o Podemos. A direção em Brasília sinalizou positivamente, mas em Santa Catarina, não. Teve duas portas que bateu, duas portas que não se abriram.
 

4oito

Deixe seu comentário