Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

As novas restrições que o prefeito Salvaro deve anunciar

Entre as medidas, multa de R$ 2 mil para quem não usar máscaras nas ruas
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 24/06/2020 - 18:01Atualizado em 24/06/2020 - 18:33

O prefeito Clésio Salvaro passou o dia em reuniões discutindo as novas medidas restritivas que vai anunciar amanhã, por causa do crescimento dos números do coronavírus.

Entre as novas medidas, pelo que anunciou na reuniões de hoje, o prefeito deve anunciar amanhã que uso de máscara nas ruas passará a ser obrigatório. A multa para qyem não usar máscara deverá ser fixada em torno de R$ 2 mil.

Os bares e restaurantes terão horário limite para operação: 23h. Mas o limite para acesso de clientes passará a ser 22h. 

Depois das 23h, só delivery.

Bar ou restaurante que contrariar as normas pode ser penalizado com fechamento de até 15 dias.

Além disso, continuará liberada a venda de bebida alcóolica em postos de gasolina, mas não poderá consumir nas lojas de conveniência para evitar aglomeração.

Depois das 22h, poderá entrar na loja de conveniência para comprar e sair, não poderá ficar.

Nos restaurantes, será permitido até quatro pessoas por mesa, 1 metro e meio de distância entre as mesas.

As medidas em Criciúma não serão tão radicais quanto em Florianópolis, por exemplo, onde os shoppings e academias foram fechados.

Em Criciúma, o comércio poderá continuar operando, e também Shoppings e galerias, mas não será permtido usar provador, e com obrigação de exigir uso de máscara e distanciamento entre as pessoas, e oferecer álcool gel.

Os parques serão fechados às 21h e só serão liberadas corridas, caminhadas ou para ciclistas. Não serão permitidas outras atividades, como piqueniques.

Com o secretário de saúde, Acélio Casagrande, e o vice-prefeito Ricardo Fabris, o prefeito Salvaro se reuniu durante o dia com representantes de bares e restaurantes, igrejas, postos de combustiveis e lojas de conveniência, policiais, supermercardos, gestores dos parques, entre outros.

O anúncio das novas medidas será feito nesta quinta-feira, final da tarde.

4oito

Deixe seu comentário