Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

O grande número de clonagens no WhatsApp

São diversos casos na região. Especialista dá dicas de como não cair em golpes
Por Erik Behenck Criciúma, SC, 22/05/2019 - 16:54Atualizado em 22/05/2019 - 16:57
Arquivo / 4oito
Arquivo / 4oito

Se você receber uma mensagem no WhatsApp de algum amigo ou parente pedindo dinheiro emprestado, tome muito cuidado: pode ser golpe. Tem crescido na região de Criciúma o número de contatos de WhatsApp clonados. Os criminosos estão aplicando uma nova tática, através de links indicando atualizações do aparelho, que na verdade vão roubar a sua conta.

“Para aumentar a segurança é indicado ir no próprio WhatsApp e fazer a configuração para o reconhecimento em duas etapas. Hoje em dia estão clonando através de um link que diz ser para a atualização do sistema, então não clique nestes links”, explicou o empresário Jonathas Roberge, que atua no setor de segurança tecnológica.

O método mais antigo utilizado para a clonagem de números é feito com o auxílio de profissionais que trabalham em operadoras de telefonia. Eles desativam o número do celular da vítima e repassam para outro chip. Assim, quando for abrir o aplicativo no seu aparelho precisará criar uma conta nova. 

“Tendo problema a gente sugere que realize um boletim de ocorrência. O aplicativo tem um SAC, onde você pode descrever todo o problema que aconteceu. Outra dica importante é denunciar o número que foi clonado, o máximo de vezes que conseguir, pedindo ajuda para os amigos, assim o algoritmo pode bloquear essa conta”, recomendou Roberge.