Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Moacir Pereira: entidades do Oeste apoiam prefeito Chapecó, alvo de inquérito do MPF

Iniciativa do órgão federal visa investigar as ações de João Rodrigues no combate à Covid-19
Vítor Filomeno
Por Vítor Filomeno Chapecó, SC, 22/09/2021 - 09:23Atualizado em 22/09/2021 - 09:23
Foto: Alex Ferreira/Câmara dos Deputados
Foto: Alex Ferreira/Câmara dos Deputados

No comentário desta quarta-feira, 22, Moacir Pereira abordou o apoio de associações do Oeste ao prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD), que virou alvo de inquérito do Ministério Público Federal (MPF) por suas ações contra a pandemia do coronavírus. Em pronunciamentos e entrevistas, Rodrigues demonstra “absoluta surpresa e total indignação”.

“Notas oficiais também lembraram que, em fevereiro, no auge da crise da pandemia de Chapecó e região, o prefeito e esse Comitê contra Covid decidiram aumentar o número de leitos de UTI, de 25 para 103, leitos de enfermagem, de 29 para 55, novos equipamentos para as UPAs e para o Hospital de Emergência no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nes, e o resultado prático foi o seguinte: em 35 dias, os números sobre infectados, hospitalizados e de falecimentos caíram verticalmente e dezenas de leitos, então, foram desativados. A maioria da população de Chapecó e região também se declara revoltada com essa iniciativa inédita e considerada também abusiva por parte do Ministério Público Federal em Chapecó”, pontuou Pereira.

Entre as entidades que demonstraram solidariedade ao prefeito João Rodrigues, estão a Associação dos Municípios do Oeste (Amosc), o Sindicato dos Produtores Rurais, a Associação Amigos de Chapecó e o  Centro Empresarial de Chapecó.