Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Empresa do setor de eventos de Criciúma acumula R$ 3 milhões de prejuízo na pandemia

Decreto do governador Carlos Moisés autoriza o retorno do setor
Por Marciano Bortolin Criciúma, SC, 24/09/2021 - 19:12 Atualizado em 24/09/2021 - 19:15
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

O diretor da Minha Entrada, empresa do ramo de gerenciamento e vendas de ingressos, Jackson Beltrame, optou por manter todos os funcionários durante a pandemia. Para isso, precisou se reinventar e buscar novas alternativas. “Para nós foi um desafio, pois são 17 meses sem a principal renda da parte dos eventos. Foi muito difícil e a nossa saída foi buscar outras formas de receitas, se reinventar, mas sem dúvida foi muito doloroso. Possuímos uma equipe de 32 pessoas que mantemos durante este tempo todo, com outras atividades, reformulando a empresa para que estas pessoas continuassem empregadas. Só na nossa empresa, mais de R$ 3 milhões de prejuízo”, comenta.

Ele fala ainda do decreto do governador Carlos Moisés da Silva que autoriza a volta dos eventos. “É um decreto esperado há muito tempo, porque muitos setores foram liberados e o nosso ainda estava perdido. Nós víamos os outros segmentos abertos, inclusive o entretenimento, e não fazia sentido o nosso estar fechado. Graças a Deus estamos chegando perto de voltar a trabalhar”, diz.

Desafios a partir do retorno

Beltrame relata ainda quais os desafios a partir de agora. “O maior desafio vai ser encontrar mão-de-obra. Está muito difícil conseguir. Todas as cidades do país vão começar juntas e todos vão querer os artistas que estão na mídia. São poucos artistas para muitas cidades. Falo para as pessoas valorizarem quando o artista está na cidade, porque até ele poder voltar vai demorar um bom tempo.  Aconselho, até como uma forma de contribuir com os promotores de eventos, é que prestigiam os eventos”, pontua.
 

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito