Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Archimedes já recomendava que Zappelini deixasse a FCC

Comentarista pensa que não existe mais confiança entre o presidente e o prefeito
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 22/11/2018 - 11:10Atualizado em 22/11/2018 - 12:14

Em seu comentário desta quinta-feira (22), Archimedes Naspolini Filho falou sobre a demissão de Serginho Zappelini da Fundação Cultural de Criciúma (FCC) após a exposição de uma polêmica obra de arte. Archimedes disse que Zappelini não deveria ficar até o dia 6 de janeiro, já que a relação entre ele e o prefeito não seria boa. Após entrevista a Som Maior, a saída foi antecipada para hoje.

“Cargos de confiança são para pessoas que gozam de toda a confiança dos que lhes nomeiam, o mesmo vale para o Serginho Zappelini. Ele afirma que foi demitido, mas, continua no cargo até janeiro, devido aos múltiplos casos que está envolvido, nada contra o Serginho que é meu amigo, mas, tem um ditado que diz que ninguém é insubstituível. Não haveria isso se a demissão fosse para valer”, afirmou.

Confira o comentário na íntegra: