Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Archimedes imagina que a soltura de Lula estava programada para sexta-feira

Comentarista pensa que a derrota brasileira contra a Bélgica na Copa do Mundo atrapalhou o plano
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 09/07/2018 - 15:21

A confusão na Justiça envolvendo a soltura do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva foi analisada por Archimedes Naspolini. O comentarista imagina que tudo estava programado para sexta-feira (6), quando o Brasil enfrentou a Bélgica pela Copa do Mundo, onde uma vitória que não aconteceu, encheria as ruas de torcedores alegres.

“Quando os protagonistas da aplicação da Justiça querem, eles transformam o domingo nessa algaravia, nessa barulheira, nessa desordem que se viu no dia de ontem. A encrenca só não deu certo porque o Brasil não foi classificado lá na Rússia, parece incrível, mas tem tudo a ver”, comentou.

Archimedes utilizou diversos adjetivos para descrever as decisões tomadas. Tudo começou durante a manhã de domingo (8), quando o desembargador plantonista Rogério Favreto aceitou o recurso da defesa para a liberação do ex-presidente. Entenda o caso aqui.

“O Rogério Favreto, o desembargador de plantão no TRF-4, em Porto Alegre, cumpriu seu papel na comédia domingueira. Fez o que achou que deveria ser feito, para mostrar finalmente sua gratidão àqueles que fizeram desembargador vitalício na Justiça Brasileira. Talvez tenha sido isso, é provável que tenha sido assim”, comentou Archimedes.