Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Peixe Monstro no Masterchef assusta candidatos ao troféu

Samuel Alano
Por Samuel Alano 11/10/2017 - 07:30Atualizado em 11/10/2017 - 15:17

 

Quarta-feira...  dia de resenha Masterchef. 

Mais uma vez, a produção do programa optou por não divulgar o descenso da audiência e não mostrou o número dos tweets, que na semana passada foi vergonhoso.  

A primeira prova do episódio de ontem foi de limpar e preparar 3 peixes que foram: Salmão, linguado e tamboril.  

Os 20 minutos para completar a tarefa, realmente foi pouco tempo, mas os 9 participantes divididos em 3 grupos, fizeram o manuseio dos peixes com maestria. 

Após o preparo dos 3 peixes, a equipe de Clécio, Francisco e Irina foi a vencedora da primeira de quatro etapas. 

Na segunda etapa as equipes tiveram mais 20 minutos pra apresentar o linguado, e servir à altura de um prato Masterchef. E novamente quem levou a melhor foi a equipe de Clécio, que acumulou 2 dos 4 pontos do dia. 

Com mais 20 minutos de prova pra fazer o tamboril com molho, as equipes que ainda não pontuaram deram seu máximo para evitar o terceiro ponto e vitória da equipe de Clécio.  

Deu certo o esforço extra, pois a equipe de Monique, Lubyanka e Angélica ganharam a terceira etapa. 

Com mais 20 minutos pra fazer o salmão unilateral (cozido pela pele, tendo três pontos de cocção) a equipe de Clécio empatou com a equipe de Monique e lacrou a quarta etapa chegando a 3 pontos dos 4 disputados e sagrou-se campeã da prova. 

Com 6 chefs na berlinda da prova de eliminação, podendo fazer o prato que quisessem, eles já foram mais soltos para a prova. Porém sempre tem pegadinha. A equipe vencedora da prova anterior teve que escolher as especiarias que seriam obrigatórias no prato dos Chefs da prova. 

Entre doces e salgados, os chefes correram no tempo de uma hora de prova. 

Com pratos bem interessantes e que desta vez surpreenderam positivamente,  o prato que se destacou na prova foi o de Pablo que fez um arroz doce com frutas vermelhas, queijo de cabra e pimenta preta. 

E o prato eliminado foi o “menos melhor” pois todos foram bons. 

Com a cabeça erguida, mas muito triste, Angélica deixa a competição aos prantos. 

Sem dúvida, este foi o melhor episódio desta temporada. Os chefs mostraram técnica e habilidade em toda a prova. 

O próximo episódio terá a tão sonhada repescagem, onde um dos até agora oito eliminados poderá voltar à competição. (Eu particularmente torço por Mirna) 

Que volte o melhor!!! E que esta temporada tenha um pouco mais de “TOMPERO”.  

(Jurado frances Jacquin não consegue pronunciar a palavra tempero) 

 

4oito

Deixe seu comentário