Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
Max Everson
Por Max Everson 14/10/2017 - 09:39Atualizado em 14/10/2017 - 09:42

O Guns N’ Roses surpreendeu os fãs presentes em seu show no Madison Square Garden em Nova York nesta quarta-feira (11).

Axl Rose cantava “Patience” normalmente, como em qualquer outra apresentação até o momento em que Pink se juntou a ele no palco para ajudar no final da música, levando o público ao delírio.

Recentemente, a banda esteve no Brasil para shows no Rock in Rio e no São Paulo Trip.

Já a Pink anunciou que seu novo álbum “Beautiful Trauma” será lançado no dia 13 de Outubro e aproveitou para divulgar o single “What About Us”.

 

Max Everson
Por Max Everson 14/10/2017 - 09:32Atualizado em 14/10/2017 - 09:36

O Iron Maiden liberou nesta sexta-feira (13) o documentário “The History Of Iron Maiden”, em seu canal oficial do Youtube. Os vídeos divididos em três partes foram extraídos da série de DVDs “The History Of Iron Maiden”, com mais de 3 horas de duração.

A parte 1 é a “The Early Days”, lançada em 2004 focando nos bastidores do álbum “Piece Of Mind”, de 1983 e a turnê de divulgação no mesmo ano, contando com entrevistas de Paul Di’Anno, Clive Burr, Dennis Stratton, Dave Sullivan, Terry Rance, Doug Sampson, Ron Matthews, Terry Wapram e Bob Sawyer.

A parte 2 é a “Live After Death”, lançado em 2008 conta com membros da equipe, banda e amigos falando sobre o processo de gravação do álbum com mesmo nome, de outubro de 1985. Além de conter trechos da turnê, com cenas da participação da banda no Rock In Rio do mesmo ano.

A parte 3 é a “Maiden England”, lançado em 2013 com um show completo da banda da “Seventh Tour of a Seventh Tour”, na Inglaterra em 1988. Outro conteúdo do DVD são os clipes promocionais de “Wasted Years”, “Stranger in a Strange Land”, “Can I Play with Madness”, “The Evil That Men Do” e “The Clairvoyant”.

 

Max Everson
Por Max Everson 14/10/2017 - 09:21Atualizado em 14/10/2017 - 09:28

Tiago Iorc liberou nas plataformas digitais a faixa que gravou em parceria com Milton Nascimento.

“Mais Bonito Não Há” é a faixa que originou a turnê conjunta dos cantores, que passarão por seis cidades brasileiras; São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Salvador e Belo Horizonte.

Tiago Iorc está entre os nomes brasileiros na lista de concorrentes da 18ª edição do Grammy Latino. A entrega do prêmio acontecerá no dia 16 de Novembro.

Milton Nascimento & Tiago Iorc – Mais Bonito Não Há já faz parte da programção da Som Maior nos programas No Ar e Vozes do Brasil.

 

Max Everson
Por Max Everson 13/10/2017 - 16:07Atualizado em 13/10/2017 - 16:13

 

Na última sexta-feira, dia 6, Carla Bruni lançou um disco inédito. Nomeado French Touch, o material traz grandes clássicos da música regravados pela cantora.

A artista trouxe um toque peculiar para canções que vão do pop até o rock, como “Enjoy The Silence”, sucesso dos anos 1990 do grupo Depeche Mode. O material também conta com hits de ABBA, Willie Nelson, The Clash e Rita Hayworth.

Para divulgar French Touch, Carla Bruni já tem apresentações agendadas em Paris, Londres, Berlim, Amsterdã, Lisboa, entre outros. 

A antiga primeira-dama francesa também deu o “toque francês” na clássica “Miss You”, dos Rolling Stones. A faixa, lançada originalmente em 1978, alcançou o topo da parada norte-americana.

A nova versão, na voz da artista, agora faz parte da programação da Som Maior. 

 

Max Everson
Por Max Everson 13/10/2017 - 11:40Atualizado em 13/10/2017 - 11:41


Depois de 8 anos sem lançar nenhum projeto inédito, o cantor e violonista mineiro João Bosco traz ao público ‘Mano Que Zuera’, um álbum composto de 11 belas canções, entre elas algumas parcerias inéditas com o filho Chico Bosco, que também assina a produção musical do álbum. Dessas parcerias o single ‘Onde Estiver’, que nasceu de conversas entre pai e filho, merece destaque pela força poética e arranjo primoroso, que já toca nas principais rádios do Brasil. Além das inúmeras parcerias com o filho, o projeto conta ainda com clássicos como ‘Sinhá’ (parceria com Chico Buarque), ‘Duro na Queda’ e ‘João do Pulo’ (Parcerias com Aldir Blanc), esta última contando com uma fusão sonora com a canção ‘Clube da Esquina No 2’, e o encontro inédito com a composição de Arnaldo Antunes em ‘Ultraleve’, onde a filha Júlia Bosco faz uma participação mais que especial com sua voz doce e potente. Trata-se de um clássico da MPB que acabou de nascer!

1 Fim 5:02
2 Duro Na Queda 4:30
3 Mano Que Zuera 4:03
4 João do Pulo / Clube da Esquina No. 2 7:10
5 Ultra Leve (feat. Julia Bosco) 5:56
6 Onde Estiver 4:31
7 Sinhá 3:48
8 Pé-de-Vento 4:02
9 Coisa No. 2 (Instrumental) 2:43
10 Nenhum Futuro 6:16
11 Quantos Rios 6:33

Max Everson
Por Max Everson 13/10/2017 - 11:38Atualizado em 13/10/2017 - 11:40

Com capa que expõe colagem de ilustrações do artista Laurindo Feliciano, em arte criada com evocação de literatura utópica que representa o paraíso como ilha em que todos os tipos de seres vivos coabitam em harmonia, o EP AnaVitória canta para pessoas pequenas, pessoas grandes e não pessoas também chega ao mercado fonográfico, em edição da Universal Music, com a missão de manter a ascensão do duo AnaVitória.

Com apenas dois anos de vida, a dupla formada em 2015 pela cantora e compositora Ana Caetano com a cantora Vitória Falcão lança o segundo EP pouco mais de um ano após a edição do primeiro e único álbum. Com quatro gravações, o EP apresenta uma única música inédita, Mistério, parceria de Ana com Vitória – na primeira incursão como compositora na trajetória discográfica dessa dupla originária da interiorana cidade de Araguaína (TO) – e com Mike Túlio, da banda OutroEu.

Mas a maior novidade do EP é a conexão de AnaVitória com Alexandre Kassin, convidado para ser o produtor do disco. Para gravar as quatro músicas, Kassin arregimentou banda que conta com Davi Moraes (nas guitarras), Christian Oyens (nos violões, lap steel e weissenborn), Dedê Silva (nas baterias) e o próprio Kassin (nos baixos, programações e teclados).
Além de Mistério, a dupla AnaVitória canta no EP três músicas já lançadas em diferentes épocas. A mais antiga, Sideral, foi composta por Tibério Gaspar, Durval Ferreira e Valdir Granthon para o pioneiro programa infantil Clube do Capitão Aza, apresentado pela extinta TV Tupi entre 1966 e 1979. A mais recente das três composições regravadas por AnaVitória é Pirlimpimpim, parceria de Moraes Moreira com Fausto Nilo composta para a trilha sonora do especial infantil também intitulado Pirlimpimpim e exibido em 1982 pela TV Globo.
Há ainda O leãozinho, a canção terna que Caetano Veloso compôs – com inspiração no corpo dourado do baixista Dadi Carvalho – e que lançou em 1977, há 40 anos. Coincidentemente, O leãozinho ganha regravação simultânea da cantora e compositora mineira Roberta Campos que, tal como AnaVitória, faz som ambientado em clima pop folk.

Mauro Ferreira

Max Everson
Por Max Everson 11/10/2017 - 15:56Atualizado em 13/10/2017 - 11:36

A banda virtual Gorillaz, criada por Damon Albarn e que sempre forma parcerias com diversos artistas, apresenta o clipe da música "Strobelite (Feat. Peven Everett)". A faixa tem a participação de Peven Everett, músico conhecido nos Estados Unidos por suas parcerias em trabalhos de house, jazz, R&B e hip-hop.

"Strobelite (Feat. Peven Everett)" faz parte do disco "Humanz", que foi lançado em abril deste ano. Este é o quinto álbum da banda, que foi formada em 1998, e é o primeiro trabalho inédito do Gorillaz desde o lançamento de "The Fall", de 2011.

No clipe de "Strobelite (Feat. Peven Everett)", os integrantes virtuais dançam em uma festa psicodélica cheia de luzes neon.

Strobelite já está na programação da Som Maior.

 

Max Everson
Por Max Everson 10/10/2017 - 11:15Atualizado em 10/10/2017 - 11:47

Dudu Braga gravou o primeiro DVD  de seu projeto RC na Veia, com sua banda, na Casa Natura Musical, Zona Oeste de São Paulo.
O evento teve as participações especiais de Digão, Toni Garrido, Rogério Flausino, Andreas Kisser e do pai do radialsta e músico, Roberto Carlos.

O Rei subiu ao palco, todo de jeans, com a banda e mandou ver nos vocais de sua canção Se Você Pensa.

Max Everson
Por Max Everson 09/10/2017 - 16:24Atualizado em 09/10/2017 - 17:34

 

‘O que eu queria mesmo era ser Cássia Eller’, escreveu certa vez o poeta Péricles Cavalcanti, na letra de uma canção que a própria viria a cantar. E sejamos francos agora: quem na MPB não gostaria de ser Cássia Eller?’ – Silvio Essinger.  Além do que é uma linda homenagem que lembra os 10 anos que Cássia partiu, deixando saudades e muita recordação; Mais um presente para seus fãs e admiradores, e com certeza Cassia Eller é parte da nossa programação aqui na Som Maior Fm.

Max Everson
Por Max Everson 09/10/2017 - 16:17Atualizado em 09/10/2017 - 16:20

A musica tem letra de Dulce Quental e melodia de Frejat, essa canção foi composta com o intuito de homenagear Cazuza, que havia voltado de Boston depois de uma “quase morte”. Dulce fez a letra para estrelar a volta do Poeta. Entretanto, a letra demorou um pouco a ser musicada e o Barão lançou só depois do falecimento de Cazuza. Frejat sempre diz que ela se direciona a todos os poetas, e eu acho até que sim, mas nasceu com pensamento em Cazuza, como afirma o próprio Frejat.

Dulce Quental é parte da programação da Som Maior Fm

Max Everson
Por Max Everson 09/10/2017 - 16:12Atualizado em 12/04/2018 - 09:15

Lulu Santos EP(Universal Music) adianta quatro das 11 faixas de Baby baby!, álbum em que o cantor e compositor carioca aborda o repertório de Rita Lee, artista paulistana cuja obra é uma das matrizes do rock made in Brasil. O EP sinaliza que Lulu canta Rita em tons variados que transitam pelo rock, pelo pop retrô das FMs dos anos 1970, pela latinidade e pelo tecnopop sem deixar de soar contemporâneo e de soar como Lulu.

As 4 faixas  liberadas são:

1 Mamãe Natureza 4:06
2 Desculpe O Auê 2:46
3 Baila Comigo 3:29
4 Fuga N° II 3:12

 

Max Everson
Por Max Everson 09/10/2017 - 16:04Atualizado em 09/10/2017 - 16:09

Fãs da banda formada por Eddie Vedder, Jeff Ament, Stone Gossard e Mike McCready terão uma oportunidade única no dia 7 de novembro: assistir nas telonas o filme Pearl Jam Let's Play Two , que registra o grande show do grupo no estádio do Chicago Cubs, em Wrigley Field, ocorrido em 2016.

A produção, que mostra na íntegra toda a eletrizante apresentação da banda e imagens exclusivas do backstage , terá exibição apenas no dia 7 em 19 complexos da rede Cinemark, que já trouxe para os cinemas brasileiros David Gilmour e Black Sabbath. Infelizmente não teremos  Pearl Jam aqui na nossa região, mas, a sessão será realizada às 20h nas seguintes unidades: Belo Horizonte (Patio Savassi), Brasília (Pier 21), Campinas (Iguatemi), Campinas (Iguatemi), Florianópolis (Floripa), Goiânia (Flamboyant Shopping Center), Natal (Midway Mall Natal), Niterói (Plaza Shopping Niterói), Porto Alegre (Barra Shopping Sul), Recife (RioMar), Rio de Janeiro (Botafogo Praia Shopping e Donwtown), Salvador, São Paulo (Cidade São Paulo, Eldorado, Market Place, Pátio Higienópolis e Shopping Metrô Santa Cruz), São Caetano.

Tags: NoAr Pear Jam Cinema

Max Everson
Por Max Everson 07/10/2017 - 09:52Atualizado em 07/10/2017 - 09:56

Nesta sexta-feira (29), foi divulgada “Scream”, a nova coletânea de Michael Jackson, através das plataformas digitais.

O CD foi lançado em comemoração ao dia das bruxas – que ocorre no mês de outubro – e traduz a inspiração da temática monstruosa na música do cantor, com canções como “Thriller”, “Dangerous”, “Leave Me Alone” e muitas outras.

Recentemente, a filha do Rei do Pop, Paris Jackson, fez uma homenagem a seu pai nas suas redes sociais,.

Michael Jackson é parte da programação da Som Maior Fm

Max Everson
Por Max Everson 07/10/2017 - 09:41Atualizado em 07/10/2017 - 09:45

As primeiras quatro décadas de carreira de uma de nossas maiores intérpretes, Nana Caymmi, estão finalmente reunidas na luxuosa caixa ‘A Dama da Canção’. Dos 20 CDs incluídos na caixa, 18 são discos de carreira e 1 disco duplo de raridades. Assim, da estreia ao lado do pai, Dorival, em 1960, cantando “Acalanto” contida, entre outras pérolas no disco duplo de 41 faixas-extras, até o segundo CD de boleros, “Sangre de mi alma”, registrado em 2000. Está tudo em ‘A Dama da Canção – uma caixa idealizada com requinte e qualidade compatíveis com o talento de intérprete de uma das maiores vozes femininas da história da MPB, Nana Caymmi.

O Box completo de Nana Caymmi é parte da programação da Som Maior Fm.

Max Everson
Por Max Everson 07/10/2017 - 09:34Atualizado em 07/10/2017 - 09:40

Sucesso de Caetano Veloso dos anos 70, “Leãozinho” ganha uma nova versão na voz de Roberta Campos. O single digital foi lançado em comemoração ao mês das crianças.

Leãozinho na voz de Roberta Campos você já pode ouvir aqui na programação da Som Maior.

 

Max Everson
Por Max Everson 03/10/2017 - 16:09Atualizado em 03/10/2017 - 16:15

Saiu o DVD do Rodrigo José...imperdível!

Mas......quem é Rodrigo José????

Nascido no dia de São José, Rodrigo sempre foi diferente de seus irmãos. Freqüentemente, enquanto eles jogavam bola e brincavam no quintal, o pequeno Rodrigo estava ouvindo músicas numa velha vitrola empoeirada, no porão de sua casa em Americana, São Paulo. Foi imerso nesse universo que o cantor teve seu primeiro contato com a música dita “cafona” dos anos 70. Discos de Odair José, Evaldo Braga, Paulo Sergio, Nelson Ned entre outros faziam parte da coleção familiar ouvida por ele.

A cidade onde ele nasceu e vivia também teve um papel importante na sua formação musical, uma vez que ali se faziam muito presentes a cultura e a música norte-americanas, transmitidas pelos filhos e netos dos imigrantes estadunidenses fundadores do município.

Foi ali que Rodrigo começou a se envolver com grupos musicais e artistas da cidade, e logo passou a conhecer o rock, blues, e soul norte-americanos, sem saber que mais adiante estas mesmas influencias ajudariam a moldar de forma definitiva sua maneira de fazer música.

Em suas mãos a sonoridade, energia e suingue da música americana dos anos 60 e 70, se fundem à música “cafona”, criando um som inusitado, popular e extremamente vigoroso.

Rodrigo José é parte da programação da Som Maior Fm......

 

Max Everson
Por Max Everson 03/10/2017 - 15:57Atualizado em 03/10/2017 - 16:01

Foi lançada nesta terça-feira, 03, a segunda letra inédita do Renato Russo, que foi musicada pela banda que homenageia a história e vida da banda Legião Urbana, a Urbana Legion. Trata-se da canção "Mariane 2". (clip no final da matéria)

Quem borrou o seu batom? 
Quem dormiu no sofá? 
Quem me deixou tão triste? 
Não quero mais vê-la voltar 
Quem não quis entender? 
Quem me traiu e eu sem saber 
Quem foi meu grande amor? 
Quem só me traz paz e dor? 
E eu não vou mudar 

Quarto trancado escrevendo 
Acrilic on Canvas pra você 
Mas o hoje o mundo é difícil 
E já não preciso lhe ver 
E eu não vou mudar 

Mariane, Mariane 
Você não disse nada 
Mariane, Mariane 
E nem precisava dizer 
Mariane, Mariane 
Espero que tua filha esteja bem 
Mariane, Mariane 
Meu filho está bem também 

Mariane, Mariane o que ficou não passa 
Mariane, Mariane mas preciso me resguardar 
Mariane, Mariane esquece que te magoei 
Mariane, Mariane contigo tudo bem 

Oh oh 
Oh oh oh 

Mariane, Mariane 
Você não disse nada 
Mariane, Mariane 
E nem precisava dizer 
Mariane, Mariane 
Espero que tua filha esteja bem 
Mariane, Mariane 
Meu filho graças a Deus está bem também

 

Max Everson
Por Max Everson 03/10/2017 - 11:27Atualizado em 03/10/2017 - 11:34

O cantor americano Tom Petty, de 66 anos, morreu nesta segunda-feira (2), após sofrer um ataque cardíaco no domingo, informa o site oficial do cantor, em nota assinada pelo porta-voz da família e empresário do artista, Tony Dimitriades.

O representante do músico confirmou que Petty morreu rodeado de amigos, familiares e companheiros da sua famosa banda The Heartbreakers .

Tom Petty, de 66 anos, tinha desde 1976 uma das carreiras mais bem sucedidas do rock norte-americano. Entre suas músicas mais conhecidas estão "American Girl", "Free fallin", "Stop draggin' my heart around",  e "Mary Jane's last dance".

Ele vendeu ao todo mais de 80 milhões de discos. Foram 13 álbuns de estúdio com os Heartbreakers, três solo, dois com os Traveling Willburys e dois com a banda Mudcrutch.

Seu primeiro grande sucesso nos EUA foi "Breakdown", do disco de estreia com os Heartbreakers, de 1976. Entre inúmeras indicações, ele ganhou o Grammy três vezes: uma com os Traveling Wilburys, uma pela performance solo e outra com os Heartbreakers.

Ele também fez parte no final dos anos 80 da superbanda Traveling Wilburys, com Roy Orbison, Bob Dylan, George Harrison e Jeff Lyne. Eles lançaram dois álbuns, incluindo a música "Handle with Care". Roy Orbison morreu após a gravação do primeiro disco, de 1988.

Em 2002, Tom Petty entrou para o Hall da Fama do Rock and Roll nos EUA. Ele foi homenageado em 2005 no Billboard Music Awards com o prêmio honorário de um dos "Artistas do Século".

Ele estava terminando uma grande turnê que comemorou 40 anos de carreira. O último show foi no dia 25 de setembro na Califórnia. Ainda havia duas datas marcadas nos dias 8 e 9 de novembro em Nova York.

Apesar das quatro décadas de carreira com os Heartbreakers e das várias turnês mundiais, ele nunca tocou no Brasil.

Ele também teve uma breve incursão pelo cinema, e participou como ator dos filmes "Paixão eterna", em 1987 e de "O Mensageiro", com Kevin Costner, em 1997.

Nota publicada no site do cantor

‘Em nome da família Tom Petty, estamos devastados por anunciar a morte prematura de nosso pai, marido, irmão, líder e amigo Tom Petty. Ele sofreu parada cardíaca em sua casa em Malibu nas primeiras horas desta manhã (domingo) e foi levado ao Centro Médico da UCLA, mas não pôde ser revivido. Ele morreu pacificamente às 8:40 PM PST cercado por familiares, seus companheiros de banda e amigos’.

Tony Dimitriades, gerente de longa data de Tom Petty & The Heartbreakers, em nome da família.

 

Tags: NoAr Tom Petty RIP

Max Everson
Por Max Everson 02/10/2017 - 16:35Atualizado em 02/10/2017 - 16:39

Clássico “Smoke On The Water”, do Deep Purple, é arquivado em DNA


A empresa Twist Bioscience, ao lado de pesquisadores da Universidade de Washington e da Microsoft, conduziu um experimento inédito no qual o DNA foi utilizado como um dispositivo de armazenamento de um dos maiores clássico do rock, “Smoke on the Water”, gravado em 1972 pelo Deep Purple.

“A quantidade de DNA usada para armazenar a música é muito menor do que um grão de areia”, disse a pesquisadora sênior da Microsoft, Karin Strauss, em um comunicado reproduzido pelo Treblezine.Com.

Strauss explicou que uma gravação do arquivo do Festival de Montreux foi codificada usando uma base do nucleoide, da qual toda a vida biológica é construída. “Usando essa nova tecnologia, mostramos que o armazenamento por DNA ocupa muito menos espaço”, comentou.

A nova técnica indica que ao contrário das tecnologias de armazenamento atuais, a mídia da natureza não mudará e permanecerá legível através do tempo.

A iniciativa faz parte da “Memory of the World Archive”, ação da UNESCO que busca arquivar para todo o sempre as maiores manifestações da cultura popular.

 

Tags: NoAr Deep Purple DNA

Max Everson
Por Max Everson 02/10/2017 - 15:20Atualizado em 02/10/2017 - 15:22

 

Tags: NoAr 46