Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Jogo duro em Curitiba

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 13/10/2017 - 08:30Atualizado em 13/10/2017 - 08:31

Jogo duro em Curitiba

O desafio que o Criciúma tem hoje pode ser considerado o mais difícil do Campeonato Brasileiro da Série B. A equipe de Beto Campos não tem “gordura” para queimar, pensando em acesso, e terá como adversário o melhor time do returno. O Paraná jogará em casa, com o Estádio Durival Britto lotado, e com amplo favoritismo. O cenário é o mais complicado possível, embora a equipe carvoeira praticamente não tenha mais risco de rebaixamento. É jogo para o Tigre procurar a vitória, pois se tiver uma postura muito defensiva terá problemas diante de um adversário que vive o melhor momento da competição.

Para ficar perto do G-4

Uma vitória contra o Paraná irá significar uma aproximação do Tigre ao G-4, tendo na sequência mais dois jogos em casa. Se o Tricolor conquistar os três pontos em Curitiba ficará somente a quatro pontos da zona de acesso. Tropeços de Vila Nova-GO e Juventude também são bem vindos na rodada, que tem Oeste-SP e Ceará como confronto direto.

Pendurados

São pelos menos seis jogadores do Criciúma pendurados com dois cartões amarelos. Duas importantes peças do elenco tricolor estão na relação: os atacantes Lucão e Silvinho. O grupo carvoeiro terá que se preocupar seriamente com essa situação, pois não é nada bom perder jogadores desse calibre para os próximos jogos, que serão ainda mais decisivos.

Grande oportunidade

O lateral-esquerdo Marlon recebeu mais uma oportunidade como titular na equipe do Fluminense. Ontem, contra o Flamengo, o jogador relevado no Tigre foi escolhido pelo técnico Abel Braga para começar o clássico.

Pressão aumenta na Ressacada

O Avaí perdeu pela segunda vez seguida diante do torcedor, no estádio da Ressacada. Com o revés de 2 a 1, diante do Vasco, a preocupação do torcedor avaiano aumenta bastante. A equipe Azurra é agora a 18ª colocada, com 30 pontos. No domingo, o adversário será o Fluminense, no Rio de Janeiro.

Surfe na França

O brasileiro Gabriel Medina fez uma boa estreia em Hossegor, na abertura da etapa da França do Circuito Mundial de Surfe. O campeão mundial de 2014 venceu a bateria e avançou direto à terceira fase. Já Adriano de Souza, o Mineirinho, precisou da repescagem para seguir vivo na disputa.

Destaque A Tribuna

Muito bom ver um jogador como o atacante Roger, do Botafogo, convocar a imprensa para anunciar que a cirurgia para a retirada de um tumor renal foi considerada um sucesso. Quanto alívio para os amantes do futebol e principalmente para os companheiros do clube carioca. O jogador projeta voltar aos gramados no último jogo do Fogão ainda nessa temporada.

Nota Zero

Mesmo anunciado pelo presidente Marciel Juvêncio, como novo técnico do Internacional de São Defende, Nadinho acabou não comandando a equipe na última rodada do Regional da Larm. Houve um desentendimento entre as partes, o que deixou o diretor do Colorado bastante decepcionado. Mesmo com essa turbulência, o Inter deverá se classificar à segunda fase e evitar o descenso.

4oito

Deixe seu comentário