Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Falhas do goleiro Luiz prejudicam o Criciúma

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 13/10/2017 - 22:36Atualizado em 14/10/2017 - 00:04

Falhas de Luiz prejudicam o Tigre

Além de não suportar a melhor qualidade do Paraná Clube, o Criciúma cometeu erros graves que contribuíram para a nona derrota na Série B. O Tigre chegou a sair na frente com o meia Alex Maranhão, logo aos quatro minutos, em cobrança de falta, mas entregou de bandeja o empate para os donos da casa. Aos 14 minutos, o goleiro Luiz saiu mal do gol, permitindo o gol do zagueiro Iago Maidana. Antes do gol paranista, o Tigre também teve duas oportunidades de marcar o segundo gol, em lances com Alex Maranhão e Diego Giaretta. Faltou qualidade para ficar à frente do placar. O primeiro tempo já estava no finalzinho, quando o experiente Luiz cometeu mais uma falha infantil. Saiu mal do gol e colocou a mão na bola fora da área. Acertadamente, o árbitro expulsou o capitão carvoeiro.

Luiz foi acertadamente expulso pela arbitragem, prejudicando o Criciúma (Reprodução Sportv)

Lambança da arbitragem

Anda na etapa inicial, o goleiro Edson entrou na vaga do meia Caique. Na etapa final, com uma indisposição estomacal, Nino ficou no vestiário e deu vaga a Ianson. Logo no começo da etapa final, erradamente, a arbitragem anotou pênalti de Ianson, e depois voltou atrás na decisão. Depois do lance confuso, veio o gol de João Pedro, numa bela cobrança de falta.

Última mexida

A última mexida do técnico Beto Campos acabou com qualquer chance do Criciúma na partida. Cansado, Alex Maranhão saiu para a entrada de Caio Rangel, que não foi feliz mais uma vez. Maranhão era a única qualidade da equipe carvoeira na bola parada. Sem ele, o Tigre pouco fez na reta final do duelo. Agora, com 42 pontos, faltando nove jogos, a equipe não tem mais força para buscar o acesso. Resta vencer mais uma e garantir a permanência.

4oito

Deixe seu comentário