Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Os bioquímicos do passado em Criciúma e Nova Veneza

Por Henrique Packter 29/11/2021 - 08:40 Atualizado em 29/11/2021 - 08:41

Hoje em dia é quase impossível submeter-se a consulta médica sem que tenhamos de ir a um dos laboratórios de análises clínicas da cidade, voLtar ao médico e assim complementar o elaborado diagnóstico do doutor.

Pude acompanhar a evolução neste setor de nossa Medicina, chegado em Criciúma que sou, em 1959. Para se ter uma ideia é o ano em que nasceu o jornalista José Adelor Lessa, proprietário da SOM MAIOR. DINO GORINI, médico em Nova Veneza pode ser considerado um pioneiro na arte da Bioquímica.

O médico DINO GORINI nasceu em Pavia (Itália), 28.10.1909 faleceu em 31.7.1988 no Brasil. Ginecologista e Obstetra, acabou médico generalista num interior carente de médicos. DINO atendia a quem quer que o procurasse sem questionar se seria remunerado ou não. Com qualquer tempo subia a serra para atendimentos emergenciais.

“Seu Estevão vá encilhar o zaino que vou atender um chamado lá no Costão da Serra”.

Na época o chefe de família detinha o poder de decisão e DINO, tuteado pelos filhos, dispensara-os de beija-mão e pedidos de bênção. Saudava a soltura de gases: “trompa del cullo sanita  del corpo”.

Discussão de qualquer assunto encerrava-se quando dizia “punto e basta”. Dona AUGUSTA adorava argumentar a propósito de tudo e a propósito de nada. Nestas ocasiões dizia “va bene AUGUSTA, Mussolini a sempre raggione”.

DINO, bem-sucedido financeiramente, foi Conselheiro e diretor presidente da Companhia Carbonífera São Marcos. A 3.10.1958, vereador mais votado, foi presidente da Câmara Municipal de Veneza. Um dos fundadores do Rotary Clube de Criciúma e Governador do Distrito 465 (1977/1978). Maçom na Loja Presidente Roosevelt, foi Venerável e representante da Grande L a.    oja do Grande Oriente da Itália para o estado de SC. Presidiu a Comissão Organizadora dos Festejos do Centenário de Criciúma (1980). Cidadão Honorário de Criciúma (1977) e de Nova Veneza (1983). Há um Memorial Dino Gorini no Paço Municipal e também uma Unidade de Pronto Atendimento na Próspera com seu nome. Em 25.9.2003 o Círculo Ítalo-Brasileiro de Florianópolis, instituiu o prêmio “DOUTOR DINO GORINI Distinção e Reconhecimento Preservação da Memória Catarinense”. Objetiva reverenciar a memória dos imigrantes italianos agraciando personalidades ilustres que colaboraram/colaboram com a comunidade ítalo-brasileira.

SAPOS

Sapos machos (amarelos) eram utilizados nos testes de gravidez em humanas. O método Galli-Mainini consistia em injetar urina da suposta grávida em sapo macho. As fêmeas eram escuras com manchas, a garotada empenhava-se na captura de anuros machos atrás de alguns trocados.

No escuro da noite, sem lanternas nem velas a meninada acertava sempre nunca trazendo sapos fêmeas. DINO queria saber como nunca se enganavam.

- É fácil doutor, olha só o jeitão dele!

A LUA DE TODOS NÓS

Um colono mandou um dos filhos estudar na Itália. Antevia o grande retorno em conhecimentos que ele traria para todos. Mas, as contas não param de chegar obrigando o velho pai a se desfazer de vários campos num total de sete. Volta o jovem luminar. À noite, conversam no jardim, o velho colono na expectativa das pérolas de sabedoria trazidas da milenar agricultura  romana.

- Papá, questa luna que io vedo è la stessa que ci vedeva in Itália?

O velho, coça a cabeça de ralos cabelos brancos:

- Puori i miei sete campi! (Pobre dos meus sete campos!).

JECA TATU E DINO GORINI

DINO considerava a verminose um dos maiores flagelos brasileiros. Recebia e examinava no seu microscópio monocular amostras de fezes trazidas em caixas de fósforos pelos clientes.

E o paciente que enviou suas fezes numa latinha de fermento quase vazia? DINO abriu-a cautelosamente, distanciando-se do recipiente. Sua salvação. Segundo BRIGITTE, feito um foguete a merda foi para o espaço. E uma pesada lata recebida com considerável material para exame? Quanto tempo teria despendido o paciente para acumular tudo aquilo?

DINO foi pioneiro no implemento de medidas preventivas e tratamento da parasitose intestinal em nosso meio, mas ainda hoje o problema é sério no mundo todo. Grave problema de saúde pública, verminose é doença decorrente da pobreza.  Segundo a OMS há 1 bilhão de infestados por Lombriga, entre 200 a 500 milhões por Giardia (5% em países desenvolvidos e 40% nos outros países). Entamoeba histolytica acomete 500 milhões. 1 bilhão e meio têm anemia por verminose.

Ascaris lumbricoides e Trichuris trichiura têm prevalência elevada em comunidades cuja atividade produtiva é agrícola (contato frequente com o solo). Ancilóstomas predominam onde a atividade básica é o cultivo de arroz em área inundada. Em localidades de criação de gado predominam Trichostrongylus sp. e Taenia saginata.

A irrigação de solos áridos cria microambiente que permitem a sobrevivência das larvas.

Mineiros de carvão do subsolo em países de clima temperado ou frio, cujo solo submetido a temperaturas baixas não permitiria a sobrevida das larvas, sofreram epidemias de ancilostomíase. A precariedade das condições higiênicas e microambientes úmidos e aquecidos favorecem essas larvas. Diminuição na prevalência de verminoses decorre de melhoria das condições de vida e elevação dos níveis de escolaridade populacional.

DINO certamente enfrentou casos graves de pacientes com obstrução intestinal por lombriga, necrose amebiana hepática, balantidíase fulminante, tricuríase e estrongiloidíase generalizada. Ações governamentais preventivas teriam salvo e ainda poderão salvar vidas.

Vermífugos combatem Verminoses (a opção de DINO), expulsando o verme pela evacuação, sem matá-los. Vermicidas matam os vermes. Eficientes vermífugos naturais: alho cru, farinha de semente de abóbora, suco de chicória, chá da casca do abacate, chá de folhas e sementes de erva doce, infusão de hortelã-pimenta e losna, óleo de mamona (óleo de rícino) ...

Nas férias escolares, a prole GORINI ganhava, querendo ou não, uma dose de óleo de rícino goela abaixo, liberando toda uma variedade de parasitas de seu zoológico pessoal. Priminhos da prole em visita também participavam do compulsório tratamento coletivo.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito