Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Intelbrás registra pedido de IPO

Empresa catarinense é destaque nos setores de segurança eletrônica, redes e comunicação
Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 27/11/2020 - 17:22Atualizado em 27/11/2020 - 17:39

Mais uma empresa catarinense encaminha abertura de capital da Bolsa de Valores de São Paulo (B3). A Intelbras enviou à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) pedido para realizar uma oferta pública inicial primária e secundária de ações, conhecido como IPO. 

Segundo o site MoneyTimes, o prospecto preliminar informa que a companhoa pretende utilizar os recursos da oferta para acelerar seu crescimento através de aquisições, além de expandir capacidade de produção de fábricas em Manaus e Minas Gerais, bem como em sua nova unidade em Santa Catarina, focada em produtos de energia.

Sediada em São José, na Grande Florianópolis, a Intelbrás produz e comercializa produtos e soluções em segurança eletrônica, controles de acesso, redes, comunicação, energia e energia solar. A companhia conta hoje com quatro unidades fabris no Brasil, além de um centro de pesquisa e desenvolvimento na China.

A principal fonte de receita da Intelbrás atualmente é unidade de segurança eletrônica, que representa cerca de 53% do total, com R$ 777 milhões no acumulado do ano. O restante é dividido entre os setores de comunicação, responsável por 37% da receita, e de energia, que gerou 9,7% do faturamento.

Em se tratando de resultados, de janeiro a setembro de 202 a receita operacional líquida da companhia totalizou R$ 1,46 bilhão, com aumento de 20,2% em relação ao mesmo período de 2019. Já o lucro líquido no período foi de R$ 121,2 milhões, alta de 2,6% em relação à mesma etapa de 2019.

O IPO da Intelbrás é coordenado por Santander (SANB11), BTG Pactual (BPAC11), Itaú BBI e Citigroup.

Confira o prospecto na matéria do site MoneyTimes

4oito

Deixe seu comentário