Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Vale a pena o nosso Brasil

Coronel Cabral fala sobre as coisas que fazem o nosso país valer a pena
Redação
Por Redação Criciúma, 24/12/2019 - 11:11Atualizado em 24/12/2019 - 11:13

Apesar do que muito fizeram de mal ao nosso país, ele nos mostra a cada dia que vale muito a pena.

Vale a pena o nosso país pelos muito bons empresários que tentam empreender mesmo nessa época de dura crise, criando e preservando postos de trabalho essenciais para que possamos superar esse período nebuloso que passamos. 

Vale a pena pelas mães Marias do Renascer, do Paraíso, do Cristo Redentor e de tantas áreas por muito tempo esquecidas por nós que, apesar de tantas dificuldades, tentam criar seus filhos e fazer deles bons cidadãos, mantendo sempre a estranha mania de ter fé na vida.

Vale a pena por causa de grande parte dos nossos trabalhadores, que mesmo na atual dificuldade, ainda lutam por um país melhor.

Vale a pena por causa de cada líder comunitário que em cada cantinho dos mais de 5500 municípios brasileiros, luta de forma incessante e, muitas vezes, sem qualquer reconhecimento por melhores condições para suas comunidades. 

O Brasil vale a pena por nossos professores que, mesmo aviltados em seus salários, e sem serem devidamente amparados, ainda insistem nesta dura e nobre missão de educar. 

O Brasil vale a pena por causa de nossos policiais, que mesmo muitas vezes menosprezados pela grande mídia, que nos trata como se fossemos seres desprovidos de conhecimento, insistem em colocar as suas vidas em risco todos os dias, mesmo que a maioria das pessoas não perceba isso. 

O nosso país vale muito a pena e conseguiremos suportar todo esse mar de lama em que o imergiram. Deixo como recado final um trecho da letra da música de Guilherme Arantes, chamada Amanhã, a música da esperança

Amanhã, está toda a esperança. Por menor que pareça, existe e é para vicejar
Amanhã, apesar de hoje, será a estrada que surge para se trilhar
Amanhã, mesmo que uns não queiram, será de outros que esperam ver o dia raiar 
Amanhã, ódios aplacados, temores abandonados, será pleno
 

Apesar dos Cunhas, apesar dos Renans, apesar dos Dirceus e tantos outros, nós daremos a volta por cima e o amanhã de nosso país certamente será pleno.