Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

O momento é de dúvidas no Criciúma

Com dois atletas contaminados pelo novo coronavírus, Tigre aguarda orientação estadual para treinos
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 13/07/2020 - 11:44Atualizado em 13/07/2020 - 13:07
Foto: Celso da Luz / Criciúma EC
Foto: Celso da Luz / Criciúma EC

Dúvidas no Criciúma. O clube está esperando as decisões que serão tomadas pelos governos municipal e estadual para definir suas estratégias. O elenco se apresenta às 15h30min, no CT Antenor Angeloni, mas não há treinamento confirmado. O jogo entre Tubarão e Concórdia, que ocorreria nesta terça-feira, 14, em Criciúma, pela repescagem do Campeonato Catarinense, está vetado. A prefeitura já fez o comunicado oficial da suspensão do futebol profissional e amador na cidade até o dia 24. No fim de semana, a rodada de volta das quartas de final do Estadual havia sido suspensa, por conta dos avanços dos casos de Covid-19.

Decreto do prefeito Salvaro suspendendo o futebol em Criciúma

Algumas reuniões serão realizadas ao longo do dia, e o Criciúma aguarda por novo decreto do Governo do Estado. Não está descartada, inclusive, a volta da proibição de algumas atividades das que são tratadas como produtivas, pois se considera que Santa Catarina passa seu pior momento diante da pandemia. A reportagem do Timaço da Som Maior esteve no Heriberto Hülse pela manhã, confirmando o clima de instabilidade e falta de informações.

Confira também:

Salvaro veta futebol até o dia 24 em Criciúma

Covid-19: Mais dois casos no futebol. Agora, no Figueirense

Jogos profissionais proibidos por 10 dias em Criciúma

FCF vai procurar Estado para avaliar retorno do Catarinense

Dal Farra reforça posição contrária sobre a volta do Catarinense em julho

Dal Farra e médico falam

"O decreto do governo municipal, a princípio não afeta o Criciúma, afeta que a FCF havia requisitado o estádio para o jogo do Tubarão com o Concórdia, esse jogo não poderá ser realizado aqui, e esse prazo bate com o decreto, a notificação que a Vigilância Sanitária, através da superintendência, fez para os seis clubes da primeira divisão, Criciúma, Marcílio Dias, Figueirense, Avaí, Chapecoense e Joinville, que por 14 dias não poderão realizar jogos, em função do protocolo que já dizia, havendo atletas contaminados, para jogos, nesse quesito, ficaria 40 dias, já tem isso, está dentro desse prazo. Não afeta o Criciúma", explicou o presidente do Criciúma, Jaime Dal Farra, em entrevista ao Som Maior Esportes.

A delegação do Criciúma já se encontrava em Itajaí, para o jogo contra o Marcílio Dias, quando foi notificado da suspensão da rodada. Dois atletas do Tigre estão com Covid-19, mas não há confirmação de quem seriam os atletas. O atacante Andrew, vetado para o jogo de Itajaí, não é o caso. Ele teve problemas respiratórios referentes a asma. Os nomes serão oficialmente divulgados pelo Criciúma quando os resultados do exame PCR, de contraprova, chegar.

"Antes da viagem para Itajaí submetemos os atletas a testes rápidos, para avaliar se todos poderiam viajar, foi nessa bateria que acusou dois atletas positivados para Covid-19. Prontamente avançamos para o isolamento dos atletas. O ônibus viajou com 50% da capacidade, álcool gel e máscara na viagem, e chegando em Itajaí recebemos a notícia do cancelamento da rodada", destacou o médico do Criciúma, Ricardo Furtado.

Mais detalhes

Ouça as informações do Criciúma com o repórter Bebel Vieira e os comentários de João Nassif e Mário Lima sobre a situação do Tigre e do Campeonato Catarinense: