Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Covid-19: Mais dois casos no futebol. Agora, no Figueirense

Assim, Figueira entrou no grupo que já conta com Chapecoense, Joinville, Criciúma e Marcílio Dias
Denis Luciano
Por Denis Luciano Florianópolis, SC, 13/07/2020 - 11:27Atualizado em 13/07/2020 - 11:34
Brusque fez 41 testes, nenhum resultado positivo para coronavírus / Divulgação
Brusque fez 41 testes, nenhum resultado positivo para coronavírus / Divulgação

O Figueirense anunciou, na manhã desta segunda-feira, 13, diagnóstico positivo para Covid-19 em dois atletas do seu elenco. Em nota oficial, o clube informou que submeteu todos os profissionais a testes RT-PCR na última terça-feira, 7. Os resultados foram entregues na sexta-feira, 10, confirmando os casos. Nova rodada de exames foi feita na quinta-feira, 9, e os resultados foram entregues neste domingo. Desta vez, todos os testados estavam negativados.

Os diagnosticados foram afastados e estão sendo monitorados pelo clube, que garante ter comunicado de imediato as autoridades de saúde tanto de Florianópolis quanto do Estado. O Figueirense reafirmou que segue respeitando as normas e implantando os protocolos na sua rotina.

Os dois casos do Figueirense somam-se aos 14 já anunciados pela Chapecoense (entre comissão técnica, funcionários e jogadores), quatro do Joinville (dois integrantes do departamento médico e dois jogadores, um titular e outro reserva no jogo da semana passada contra o Brusque) e dois casos no Criciúma (ambos atletas, o clube não confirmou se atuaram ou não frente ao Marcílio Dias). O Marcílio teve um caso, do técnico Moisés Egert, diagnosticado há uma semana e em quarentena.

Com tudo isso, a Federação Catarinense de Futebol (FCF) seguiu determinação do Governo do Estado, pela Vigilância em Saúde, suspendendo a rodada de volta das quartas de final. Com isso, os jogos Marcílio Dias x Criciúma, Avaí x Chapecoense, Brusque x Joinville e Figueirense x Juventus, que seriam neste domingo, não tem data para ocorrer.

Atacante internado

A Chapecoense divulgou, na manhã desta segunda, uma nota sobre a situação do atacante Roberto, um dos casos positivos para Covid-19 em seu elenco. O jogador sofreu com falta de ar no fim de semana, e segue internado. Confira:

No último domingo, 12, o atleta Roberto - que testou positivo para o Covid-19 - procurou atendimento médico com tosse e falta de ar leve e, por conta disso, foi internado. Apesar da preocupação inicial, no entanto, o Dr. Fabiano Wickler informou que o jogador apresentou melhora em relação ao desconforto respiratório e está passando por suplementação de oxigênio. Roberto segue internado e em isolamento, mas, a fim de tranquilizar todos os torcedores, o clube destaca que a sua situação é estável.

Clubes sem casos

O Brusque reafirmou, nesta segunda-feira, 13, os resultados de mais uma rodada de testes, tendo aplicado 41 e não apresentou diagnósticos de contaminação pelo novo coronavírus. O Avaí anunciou, no fim de semana, que está com todos os integrantes do departamento de futebol testados, e ninguém apresenta a doença. O Juventus de Jaraguá do Sul foi na mesma linha, chegando a se declarar "o único clube de SC que testou 100% negativo. Significa que a política que adotamos, a conduta que tivemos foi corretíssima".

O Tubarão e o Concórdia, que deveriam se enfrentar nesta terça-feira, 14, pelo mata-mata do rebaixamento - o jogo está sem local, depois das negativas de liberação pelas prefeituras de Tubarão e Criciúma - não apresentaram resultados positivos até o momento para Covid-19. O Tubarão treina nesta segunda-feira e o Concórdia está concentrado em Jaguaruna à espera de uma orientação para a partida decisiva.

Tags: coronavírus