Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Moisés anuncia novos secretários, investimentos e descarta lockdown

Serão mais de R$ 10 bi aplicados em diversas áreas, promete Moisés. "Santa Catarina, um estado de verdade" é o lema do seu novo governo
Denis Luciano
Por Denis Luciano Florianópolis, SC, 27/11/2020 - 17:05Atualizado em 27/11/2020 - 19:13
Reprodução
Reprodução

Carlos Moisés volta a governar Santa Catarina. Na tarde desta sexta-feira, 27, o Tribunal Especial definiu pelo arquivamento do processo de impeaachment que havia sido aprovado no dia 23 de outubro. Moisés ficou um mês fora do cargo, com a vice Daniela Reinehr exercendo o governo.

Ele foi notificado por volta das 16h30min oficialmente, pelo Tribunal de Justiça, sobre o resultado.

Acompanhe no vídeo abaixo e no Minuto a Minuto as informações anunciadas pelo governador:

Acompanhe ao vivo:

17:57

Mais detalhes da entrevista de Carlos Moisés em instantes, no Ponto Final na Rádio Som Maior.

17:57

"O governo será enriquecido".

17:57

"Diálogo. É isso que teremos na prática. Tanto o presidente da Alesc quanto o Eron, que será o chefe da Casa Civil, nos ajudaram inclusive nesse diálogo com as lideranças de outras bancadas, e conhecendo essa habilidade com as bancadas e todos os 40 deputados, eu acredito que hoje se estabelece um diálogo franco, este sempre foi o defeito anunciado do nosso governo, a crítica mais ácida ao nosso governo, que era um governo que não dialogava com o Parlamento. Esse é o grande gesto dessa gestão de dizer sim, queremos dialogar com o Parlamento, não queremos ter exclusividade de protagonismo, e sempre que um parlamentar indica, acessa um cargo ele também divide conosco a responsabilidade".

17:55

Governo de coalizão na pauta da pergunta agora.

17:55

"Em relação aos atos da governadora interina, eu me atenho a não comenta-los, e vou consultar minha equipe para eventuais correções de atos".

17:55

Moisés é questionado agora sobre legalidade, sobre a denúncia dos salários dos procuradores e, agora, o decreto da governadora suspendendo o ato. Se ele vai anular o ato de Daniela.

17:54

"Precisamos dialogar com o governo central e assim será feito".

17:54

"O governo central é o responsável pela imunização da população, para isso precisamos que o governo nos dê aval, precisamos ter uma ação única no Brasil de adoção de medidas para imunizar a população. Corremos o risco de cometer o equívoco de adquirir vacinas que não tenham eficácia comprovada".

17:53

Moisés é questionado sobre vacina contra coronavírus.

17:53

"Eu reúno amanhã a equipe da saúde, nós caímos para 30%, 35% no índice de isolamento social, tivemos em 70% no início da crise, são fatores que cruzados vão nos levar a uma avaliação para tomada de decisão. O esforço do estado sempre foi baseado na ciência e também ouvindo os técnicos do estado. Era o que fazíamos e vamos retomar".

17:52

Moisés é questionado sobre possivel suspensão de atividades, medidas práticas ou novas portarias.

17:51

Moisés garante investimentos em leitos de UTI, inclusive nos hospitais filantrópicos.

17:50

Moisés quer se reunir logo com os prefeitos das regiões mais atingidas pelo coronavírus. "Tivemos um problema sério com desativação de leitos Covid".

17:48

"Eu estou recebendo o comando hoje de novo, as regiões praticamente todas no vermelho, no gravíssimo, o que impõe medidas. Não estamos falando de lockdown, não há espaço para movimentos dessa natureza".

17:47

"Eu preciso de forma urgente resgatar esse primeiro escalão que me auxiliava e ir avaliando as futuras ações".

17:46

"Não temos um parlamentar na Casa Civil mas alguém que conhece e tem experiência. Hoje o Jefferson que me acompanha, fazia parte do governo, foi um consenso entre veículos e associações de jornalismo, por bastante diálogo nesses dias de novembro. E por último, outros anúncios virão, mas para hoje o procurador geral do Estado, dr. Alisson, deve retornar ao cargo que exercia até 23 de novembro por convite meu, hoje feito e aceito, até para recompor nossa equipe de enfrentamento a esta crise da pandemia".

17:45

"Tivemos vários diálogos promissoras, alinhamento de entendimentos e obviamente a participação de secretários de Estado, construídos com aval da Alesc, passa exatamente pela nossa programação. Hoje queremos anunciar a construção, a troca, a substituição de três funções: o chefe da Casa Civil, que convidei e aceitou o convite, o Eron Giordani, que trabalhava na Alesc, tem amplo trâmite nos gabinetes, os deputados se sentiram representados".

17:44

"Hoje já estamos construindo ampla maioria na Alesc através do diálogo. Foi o que fiz nesses dias, conversando com os líderes dos partidos na Alesc, fomos muito bem recebidos pelos deputados que entenderam a necessidade desse diálogo".

17:44

Moisés é questionado sobre postura com o Legislativo, se haverá um governo de coalização e como será a proximidade com os deputados.

17:43

"Recuperação hídrica do nosso estado, recuperação econômica após a crise da Covid-19 que ainda está em andamento na sua segunda onda. Anunciamos mais de R$ 10 bilhões para os próximos dois anos projetando o futuro do nosso Estado para 20 anos, para ter tranquilidade em algumas áreas. Faltou planejamento na parte hídrica", sublinhou Moisés.

17:42

"Entendemos que não há causa para esse segundo impeachment. Assim será feita a justiça nesse caso. Aproveitamos o momento para apresentarmos algumas propostas para os dois próximos anos de governo".

17:42

Moisés está concedendo entrevista coletiva agora.

17:36

"Na próxima semana devemos ir ao oeste para com os deputados anunciar ações importantes para produção, armazenamento e adução de água na região de Chapecó e no oeste".

17:35

Moisés volta a falar da crise hídrica.

17:34

"Essa é a ideia de construirmos um futuro para Santa Catarina. Tudo o que falamos projeta soluções para dois anos de governo e também soluções para os próximos 20 anos", destacou Moisés.

17:33

"Nós vamos investir para praticamente zerar esse déficit da infraestrutura rodoviária, recuperando essa malha rodoviária de pouco mais de 6 mil quilômetros, as rodovias estaduais, para dar condições de trafegabilidade, e mais de R$ 50 milhões em projetos desenvolvidos durante a pandemia para o setor da infraestrutura, para interligar os diversos modais de nosso estado, fazendo com que o produto de Santa Catarina se torne mais competitivo".

17:31

Governador cita ainda R$ 5,5 bilhões para a infraestrutura até 2022. "Quando assumimos falamos que a infraestrutura seria prioridade".

17:31

Moisés anuncia R$ 2,3 bilhões em investimentos até 2022 para retomada da economia.

17:30

Retomada de economia é o assunto de Carlos Moisés agora.

17:30

"Pretendemos dobrar nossa capacidade de geração e reservação de água, e 30% de ampliação da nossa propriedade de adução de água tratada para os grandes centros".

17:29

Moisés anuncia investimento de R$ 1,7 bilhão em abastecimento de água, para combater a crise hídrica.

17:28

"Mesmo com a pandemia, continuamos com obras públicas. Também vamos investir para acelerar o desenvolvimento e vamos tratar dos problemas".

17:27

"Governar é trabalhar para diminuir o sofrimento das pessoas, renovando compromissos e construindo soluções conjuntas. Estamos pensando em visão de futuro, não para um, dois anos de gestão, temos que pensar nosso Estado para os próximos 20, 30 anos. Quem não planeja não sabe para onde vai".

17:27

Carlos Moisés segue falando. Rádio Som Maior está transmitindo ao vivo.

17:26

"Santa Catarina é o melhor Estado, vamos continuar trabalhando com esses indicadores e tivemos economia de verdade, equilíbrio fiscal de verdade, transparência de verdade. Cumprimos nosso compromisso frente ao cidadão catarinense".

17:26

"Pagamos a dívida da saúde, quase R$ 1 bilhão, nos fez salvar vidas, conseguimos comprar, em parceria com municípios e hospitais, com agentes públicos e privados de saúde conseguimos oferecer ao cidadão catarinense atenção à saúde, sem que ninguém perdesse a vida por falta de atendimento".

17:25

"Somos a melhor gestão no enfrentamento do desastre. Nossa taxa de letalidade é a menor do Brasil. Quando comparamos mortes por milhão de pessoas Santa Catarina teve ótimos resultados, infelizmente tivemos as perdas".

17:24

"Também operamos o milagre catarinense no equilíbrio fiscal. Outros governadores nos abordam e perguntam como saímos de um déficit de R$ 1,2 bi para um superávit de R$ 160 milhões. Foi um esforço da Fazenda e também da gestão pública. Éramos um dos estados mais gastadores do Brasil, avançamos 11 posições e cumprimos as ações prometidas lá em janeiro de 2019".

17:24

"Também recebemos destaque da melhor gestão pública, a mais eficiente do Brasil. Aconteceu também em 2020. Conseguimos avançar em 2019 também", salientou Moisés, citando a eficiência da gestão pública em Santa Catarina.

17:23

"Nós no dia 2 de janeiro de 2019 prometemos trabalhar com economia do dinheiro público. O que fizemos para arrumar a casa, Santa Catarina avançou em 2019 e em 2020, mesmo vivendo um desastre, o maior desastre da nossa era que se repete agora com uma segunda onda", diz Moisés. "Santa Catarina avançou pois teve as contas aprovadas por unanimidade como sendo a melhor aprovação de contas da década".

17:22

"A democracia, o voto popular foi honrado. Hoje é um dia histórico para Santa Catarina que ensina todos nós".

17:21

"Não foi só política que fizemos. Projetamos o futuro, os próximos dois anos. De forma muito tranquila aguardamos esse resultado, e começamos a pensar neste período, que além de política precisávamos, sim, projetar os dois próximos anos de governo".

17:21

Moisés reforça que não há causa também para o segundo processo de impeachment, que está tramitando na Alesc.

17:20

"Nós somos empregados dos nossos eleitores e cidadãos".

17:20

"Fizemos construção, pontes, alinhamentos", disse Moisés, sobre o período que ficou fora do governo. "Hoje é um dia que nos inspira para projetar o futuro de Santa Catarina".

17:19

"Um processo somente político não poderia prosperar. Mas é um processo que nos faz refletir, nos faz avaliar sobre a importância do relacionamento entre órgãos e poderes, para que possamos olhar para frente, aprender com os erros, não esquecer o passado mas projetar o futuro de Santa Catarina".

17:19

"A verdade é restabelecida e a justiça também, restabelecida", diz Moisés. Ele começa a falar. Está de barba e na Casa d´Agronômica.

17:17

O Tribunal Especial definiu, nesta sexta-feira, pelo arquivamento do processo. Foram seis votos para arquivar, três votos para afastar definitivamente o governador e uma abstenção, do deputado criciumense Luiz Fernando Vampiro.

 

17:15

Daniela Reinehr no primeiro dia de trabalho.

17:15

No dia 27 do mês passado, Daniela Reinehr assumiu o Governo do Estado.

17:14

Carlos Moisés teve sua saída do governo aprovada pelo Tribunal Especial no dia 23 de outubro.

17:13

Boa tarde! Eu sou o jornalista Denis Luciano e este é o Minuto a Minuto do 4oito para a volta de Carlos Moisés ao Governo do Estado.