Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Instituto Harmone assume a gestão do Sarasul

A HeinRich, que havia apresentado a melhor proposta, não passou na análise da documentação
Por Geórgia Gava Criciúma, SC, 20/05/2022 - 16:03 Atualizado em 20/05/2022 - 19:52
Foto: Arquivo/ 4oito
Foto: Arquivo/ 4oito

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Após uma reviravolta, o Instituto Harmone assume a gestão do Serviço Aeromédico do Sul (Sarasul). Entre as empresas que apresentaram propostas à Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), a escolhida ficou em segundo lugar, devido ao preço apresentado. No entanto, a HeinRich, que tinha o menor preço, acabou sendo inabilitada durante o processo de análise das documentações. 

Os envelopes foram abertos na tarde desta sexta-feira, dia 20, na sede da Amrec. Agora, a Harmone assume de forma emergencial e imediata por seis meses, inicialmente. O prazo pode ser renovado pelo mesmo período. 

"Com isso, a gente garante a execução dos serviços, que são tão importantes para o Sul do Estado. A nova empresa está sendo homologada a partir de agora, foi o segundo melhor preço, porém, por questão de ilegibilidade documental, ficou a segunda empresa. Ela é daqui da região, então, é muito mais fácil de cobrar, estar em cima, e acompanhar os trabalhos. Assume-se o compromisso de manter os servidores, tantos os médicos e farmacêuticos, como os enfermeiros", pontua o presidente do Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da AMREC (CIM-AMREC) e prefeito de Cocal do Sul, Fernando de Fáveri.

"Nós acordamos, sim, a contratação, em função da extrema necessidade em manter o serviço na região. Administrativamente, houve uma mazela que prontamente já foi atendida e o consenso foi de que o Instituto Harmone passe a fazer a gestão a partir de hoje, pelos próximos seis meses", comenta o representante da empresa, Alexander Araldi de Oliveira.

Desde o último dia 12, a situação do Sarasul estava indefinida. A equipe chegou a emitir um documento alertando sobre a possibilidade das atividades serem paralisadas. A Ozz Saúde encaminhou um ofício para o Consórcio Intermunicipal Multifinalitário (CIM-AMREC), pedindo o rompimento do contrato com o Serviço Aeromédico. A empresa havia atrasado os salários dos profissionais, mesmo após receber os repasses das prefeituras. 

Propostas apresentadas: 

- Institutos Ideas: 183.016,32;
- Harmone: 95.978,04;
- HeinRich: 95.488,92.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito