Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Inspirado por Geraldo Vandré, Cabral homenageia os PMs

Comentarista lembrou os 184 anos da Polícia Militar recordando "Pra não dizer que não falei de flores"
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 07/05/2019 - 14:36Atualizado em 07/05/2019 - 14:43

Há soldados armados, amados ou não

Quase todos perdidos de armas na mão

Nos quartéis lhes ensinam uma antiga lição

De morrer pela Pátria e viver sem razão

O trecho da histórica "Pra não dizer que não falei de flores", música de Geraldo Vandré que imortalizou os movimentos contra o regime militar nos anos 60 e 70, ilustrou o comentário do Coronel Márcio Cabral nesta terça-feira na Rádio Som Maior. Ele tratou do aniversário da Polícia Militar, comemorado no último domingo, relembrando os rótulos encarados anos a fio por integrantes das forças de segurança tendo a música citada como pano de fundo.

"Por muito tempo, eu, jovem, em formação, me sentia intimidado", lembrou. "Por muito tempo eu ficava calado, pois na voz corrente das ruas nós militares éramos considerados quase que culpados por todos os males do mundo", acrescentou. 

Cabral afirma que "Vandré se enganou" pois "jamais deixou de ser amado por andar de arma na mão" nem "perdido pelas lições ensinadas nos quartéis". Em tom de segunda pessoa do singular, como que conversando com o autor, o comentarista afirmou que "a vida, Vandré, não encontra razões a não ser no servir". Ele finalizou homenageando os policiais.

Confira o comentário completo no podcast.