Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Escândalo dos respiradores já derrubou dois secretários

Depois de Helton Zeferino, Douglas Borba deixa o governo do Estado
Por Marciano Bortolin Florianópois, SC, 10/05/2020 - 14:04
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A compra de 200 respiradores pagos de forma antecipada pelo Governo do Estado já derrubaram dois secretários de Carlos Moisés da Silva (PSL). Depois do secretário de Saúde, Helton Zeferino, o secretário Chefe da Casa Civil, Douglas Borba, pediu exoneração neste domingo, 10. Ele já balançava no cargo desde o início do caso e após declarações de Zeferino que o ligam à compra. Além disso, a servidora exonerada concedeu entrevista à NDTV que acusando Borba de participar efetivamente da compra dos respiradores.

Confira também:

Agora é oficial. Douglas Borba fora do Governo

Ainda no sábado, outro secretário ameaçou sair: Jorge Eduardo Tasca, da Administração, mas voltou atrás e, pelo menos por enquanto, segue no cargo. A crise gerada pela compra dos respiradores resultou em uma CPI na Assembleia Legislativa (Alesc), diversos pedidos de impeachment do governador e ainda a operação Oxigênio, que cumpriu diversos mandados na manhã do último sábado, 9.

Tags: coronavírus