Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Combustíveis: No primeiro ranking de 2019, pouca variação

Procon divulgou levantamento na tarde desta sexta-feira
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 04/01/2019 - 17:01Atualizado em 04/01/2019 - 20:44
Arquivo / A Tribuna
Arquivo / A Tribuna

O Procon divulgou na tarde desta sexta-feira o primeiro levantamento de 2019 da série de rankings que vem sendo elaborados com os valores dos combustíveis praticados nos postos de Criciúma.

A gasolina mais barata continua a R$ 3,85, nos postos Cerimbelli, no Morro Estevão, e Mediterrâneo, na Quarta Linha. Dois postos vendem a R$ 3,86 e a maioria vem cobrando R$ 3,87. Os mais caros, R$ 3,99 o litro, foram desta vez os postos Angeloni do Centro e Próspera. A variação média entre o litro mais caro e o mais barato está em 4%.

A gasolina aditivada mais barata, a R$ 3,85 o litro, é encontrada no posto Cerimbelli. Quatro postos (Acesso Sul no Sangão, Alberton na Santa Luzia, Mediterrâneo na Quarta Linha e Pinheirão, no Pinheirinho), cobram R$ 3,87. O litro mais caro, a R$ 4,39, está no posto Imigrante, no bairro Liberdade. A variação chega a 12%.

Confira os rankings da gasolina nas tabelas abaixo:

O diesel S10 mais em conta neste levantamento está a R$ 3,05 no posto Acesso Sul, no Sangão. O posto Universitário, no bairro Universitário, cobra R$ 3,07 o litro. O litro mais caro, a R$ 4,39, está nos postos Barp (Pinheirinho), São Pedro III (Maria Céu) e Imigrante (Liberdade). A variação entre o mais caro e o mais barato ficou em 13%.

O litro do etanol mais barato está disponível nos postos Cerimbelli (Morro Estevão) e Mediterrâneo (Quarta Linha), a R$ 3,19. O Stadium, no Centro, tem o preço mais alto, R$ 3,71. A variação alcança 14%. No GNV, o preço mais baixo se encontra no posto Rosso, na BR-101, a R$ 2,59 o metro cúbico. O Gigaposto, na Próspera, tem o valor mais elevado, R$ 2,99, com variação de 13%. Confira o ranking abaixo.

Confira os rankings da gasolina nas tabelas abaixo:

Mais detalhes às 18h, no Ponto Final na Rádio Som Maior, e neste fim de semana no Jornal A Tribuna.