Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Chapéu e protetor solar ajudam os grupos de risco a evitar o câncer de pele

Trabalhadores rurais e pessoas de pele clara possuem maiores chances de terem a doença
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 14/12/2017 - 19:13Atualizado em 15/12/2017 - 09:24

Qualquer pessoa corre o risco de desenvolver câncer de pele, mas assim como em outras doenças, algumas características aumentam as chances. Ter olhos, cabelo e pele clara, familiares com histórico da doença ou sardas na pele contribuem para o aparecimento do problema, as pessoas que trabalham no meio rural também fazem parte do grupo de risco. 

Quem possui a pele clara, e acaba se queimando com facilidade ao encontrar o sol, poderá desenvolver câncer de pele no futuro. Essa é uma doença que demora para se manifestar. O protetor solar é um ótimo aliado, e deve ser utilizado mesmo em dias nublados.

Dra. Juliana Lorenzoni Althoff e  Dr. Kleber Serafim Dal Toé (oncologistas) no Programa do Avesso (Foto: Amanda Farias)

“No Nordeste existem menos pessoas com câncer de pele do que na Região Sul. Isso por cor de pele, e porque aqui vamos para praia nas épocas quentes”, contou a médica oncologista, Juliana Lorenzoni Althoff.

O câncer de pele costuma manifestar-se com maior frequência nos idosos, embora apareça em jovens, como na modelo Bárbara Evans, que enfrentou a doença aos 22 anos.

Os trabalhadores rurais, que ficam expostos ao sol durante grande parte do dia, também estão entre os grupos de risco. Utilizar chapéus com aba larga, protetor solar e óculos ajudam a prevenir. Por mais que seja calor, o ideal é utilizar camisetas de mangas compridas, evitando a exposição dos braços.

“Tomar um torrão pode gerar câncer no futuro, o melanoma. 10% dos melanomas são hereditários, com causa genética, são mutações que acabam passando para os filhos”, afirmou o médico oncologista, Kleber Serafim Dal Toé.

De acordo com Dal Toé, todas as pessoas devem pegar sol, o indicado é 15 minutos por dia, preferencialmente ao meio dia, contribuindo para a formação de Vitamina D, evitando outros tipos de câncer.