Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

“Cartel do Silício”: Operação combate corrupção no serviço público

Mandados foram cumpridos em Sangão, Içara, Turvo, Sombrio, Criciúma e até em Curitiba
Por Redação Criciúma, SC, 22/02/2022 - 09:21 Atualizado em 22/02/2022 - 09:46
Foto: Polícia Civil / Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Nesta terça-feira, 22, a Polícia Civil de Santa Catarina desencadeou a operação “Cartel do Silício” de combate à corrupção na região Sul do Estado. A ação é da 2ª Delegacia Especializada no Combate à Corrupção (DECOR/PCSC), de Tubarão.

Em investigação decorrente da operação “Vale do Silício”, a 2ª DECOR/PCSC desvelou esquema com a participação de várias empresas do ramo de informática envolvidas em práticas conhecidas como "cartelização" e "divisão de mercado" nas licitações de diversos municípios da região.

Seis empresários envolvidos

O grupo, de ao menos seis empresários utilizando-se de cerca de dez pessoas jurídicas, agia loteando os certames do setor de informática dos municípios, ajustando previamente os valores a serem praticados e os lotes correspondentes a cada licitante, cooptando outros empresários, dividindo os lucros em acertos escusos, frustrando a concorrência e causando prejuízos aos erários municipais.

Diante da apuração realizada pela Polícia Civil, o Poder Judiciário de Jaguaruna, com parecer favorável da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca, expediu sete mandados de busca e apreensão, além de outras medidas cautelares em desfavor dos investigados. Foram apreendidos aparelhos de telefonia celular que serão analisados para obtenção de novas provas. Os mandados tinham como alvos endereços situados nas cidades de Sangão, Içara, Turvo, Sombrio, Criciúma e Curitiba (PR). 
 

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito