Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Cabral cita três razões para o avanço dos crimes

Coronel imagina que a prisão pode ter outra utilidade, não apenas para a ressocialização de presos
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 08/05/2018 - 16:13

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Em seu comentário no quadro Cidadania e Segurança, do Programa Adelor Lessa, o Coronel Cabral falou sobre o coitadismo. Começou com dois exemplos, onde pessoas que sofreram com criminosos foram ameaçadas por eles a não procurarem a polícia. Segundo Cabral, existem três razões centrais para o avanço nos crimes: Fragilidade da lei, desconstrução dos organismos policias e criação dos seres intocáveis diante da lei penal.

“Conversava com advogados e professores no último sábado. Eles insistiam em dizer que a sociedade gerou o marginal. Se a prisão não está servindo para a ressocialização de presos, que sirva pelo menos para a contensão de seres altamente nocivos ao convívio social”, afirmou.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito