Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

A polêmica da placa comemorativa do Parque Altair Guidi

Parque foi inaugurado na última segunda-feira, 6
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Criciúma, SC, 09/01/2020 - 08:57Atualizado em 09/01/2020 - 09:35

Na última segunda-feira, 6, aniversário dos 140 anos de colonização de Criciúma, foi reinaugurado o antigo Parque Centenário, agora chamado de Parque Altair Guidi - reinauguração esta, que deu o que falar. Entre os “erros” e “acertos” das obras do Parque, um detalhe chamou a atenção de algumas pessoas: o nome do prefeito e do vice-prefeito na placa comemorativa do local. 

“Aquela placa é motivo suficiente para obrigar o prefeito a pagar do bolso aquele absurdo que, sem qualquer sombra de dúvidas, é um apelo explícito à campanha eleitoral que pretende a sua reeleição”, destacou Archimedes Naspolini Filho.

Após a denúncia pública sobre o acontecimento, o jornalista afirma ter recebido mensagens de apoio. Uma delas, faz uma comparação um tanto quanto inusitada. “Uma das mensagens me afirmava: aplaudir político por fazer obra com dinheiro público, é o mesmo que aplaudir caixa eletrônico por aplaudir o teu próprio dinheiro”, disse.

Archimedes ressalta a expectativa de que os vereadores de Criciúma que, segundo ele, possuem a função de realizar fiscalizações em nome da população, tomem conhecimento do tamanho da irregularidade envolvendo a placa comemorativa.  Além disso, o jornalista comenta também sobre o estado do Parque Altair Guidi após a reinauguração.

“Não vou nem abordar o fato de ser entregue uma obra sem estar concluída, que não suportou as águas da primeira chuva e se tornou um canteiro de lamaçal. E olha que o prefeito garantiu na verborreia dele: a partir de agora a população pode usufruir deste parque. Faltou lembrar o seguinte: pode usufruir calçando botas”, concluiu.