Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
Eleições 2020

A leitura de Moacir Pereira sobre as Eleições de 2020

Jornalista político define os prováveis nomes do pleito de domingo
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Florianópolis - SC, 13/11/2020 - 08:43Atualizado em 13/11/2020 - 08:45
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

Restam apenas dois dias para que as Eleições Municipais de 2020 ocorram e tomem conta de todo o país. No domingo, 15, deverão ser eleitos os 295 prefeitos de Santa Catarina, assim como os 2.892 vereadores de todo o estado. Em uma eleição atípica, no meio de uma pandemia como a do Covid-19, ainda restam apostas para a definição do pleito.

O jornalista e comentarista político da Rádio Som Maior, Moacir Pereira, analisou os possíveis resultados que as maiores cidades de SC poderão encontrar no fim deste domingo.

“Em Florianópolis, analisa-se a hipótese de Jean [Loureiro] vencer já no domingo. Se não conseguir, a dúvida fica em relação ao segundo candidato”, pontuou. “Em Joinville, as indicações são de que Darcy Matos, na dianteira, vá para o segundo turno com Fernando Krelling, se não surgirem surpresas até lá”, comentou.

Em Blumenau, para Moacir, a disputa está entre o atual prefeito Mário Hildebrandt e o ex-gestor da cidade, João Paulo Kleinübing. “Dentre as maiores cidades, o favorito continua sendo, na maioria dos casos, Clésio Salvaro em Criciúma. No domingo, será confirmada ou não as informações dos últimos dias”, apontou Moacir.

Outro fator que deverá marcar as eleições municipais deste ano é a possibilidade de grande ausência dos eleitores na urna. O motivo: a pandemia do novo coronavírus, que deverá manter em casa os milhares que se enquadram no grupo de risco e, também, muitos dos que estão “cansados” da política brasileira. 

“É excepcional também o quadro das disputas, com coligações consideradas surpreendentes em vários municípios. É um número elevado e nunca antes visto de candidatos nas prefeituras municipais. Em Joinville, maior colégio eleitoral de SC, pela primeira vez na história teremos 15 candidatos”, citou o jornalista.