Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Som Maior + Outubro = Skank

Por Max Everson 21/08/2017 - 08:09Atualizado em 11/10/2017 - 15:21

E aí, tudo bem com você, hoje vou fazer algo inusitado, para a radio Som Maior e também para o Portal 4oito.com.br …vou fazer um resumo da carreira da banda Skank….tipo …para você nosso leitor e ouvinte ficar sabendo de tudo (ou quase tudo) do Skank…..

caso tenha preguiça de ler toda a matéria, pode ouvir este podcast especial sobre a banda.

……e tudo começa no ano de 1991 em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

Samuel Rosa (guitarra e voz), Henrique Portugal (teclados), Lelo Zaneti (baixo) e Haroldo Ferretti (bateria)  formam o Skank.

uma curiosidade é que no início, a banda era composta por Dinho e Alexandre Mourão,  que não quiseram seguir a banda e acabaram saindo. É aí que surgem os nomes de Haroldo Ferreti pela bateria e Lelo Zaneti no baixo.

O nome da banda, na verdade, era “Easy Skanking”, inspirado numa música de Bob Marley.

Mas decidiram mudar o nome para “Skank”, que é o nome dado a um ritmo jamaicano.

O primeiro álbum , “Skank”, foi lançado de forma independente, em 1993 com algumas musicas que fizeram um certo sucesso nas rádios, tipo “In(Dig)Nação”, que foi criada para um trabalho do videoartista Eder Santos, ganhou as ruas com as manifestações pelo impedimento de Fernando Collor…

e a música Tanto (que é uma musica de Bob Dylan chamada I want you)

 

o segundo disco do Skank  - calango - lançado em 1994 abriu com verdadeiros hits ..tipo esmola

Jackie Tequila 

e “Te Ver. 

 

O disco seguinte “O Samba Poconé” de 1996, fez o grupo a se apresentar na França, Estados Unidos, Chile, Argentina, Suíça, Portugal, Espanha, Itália e Alemanha, em shows próprios ou em grandes festivais ao lado de bandas como Echo & The Bunnymen, Black Sabbath e Rage Against The Machine e as músicas “Garota Nacional” 

e Tão Seu 

fizeram grande sucesso, mas este mesmo disco ainda tinha o hit “é uma partida de futebol” onde acabaram sendo  convidados a participar do disco oficial da Copa do Mundo de Futebol de 1998 da FIFA. 

uma outra curiosidade é que os integrantes do Skank são tão fanáticos por futebol que, no começo de carreira, eles costumavam realizar seus shows vestindo as camisas de seus times favoritos. Haroldo Ferreti e Lelo Zaneti torcem para o Atlético-MG, e Samuel Rosa para o Cruzeiro, na sequência vem o disco Siderado, que foi mixado no estúdio Abbey Roads em Londres, aquele mesmo estúdio  que era usado pela banda The Beatles, e caso você queira lembrar de alguns hits desse disco - Siderado, eu posso frisar as músicas Resposta

e Saideira.

inclusive a música Resposta é uma composição de Nando Reis, assim como a música Sutilmente, que é de um disco que ainda está por vir.

O disco Maquinarama vem logo em seguida trazendo mais sucessos como Três Lados

Balada do Amor Inabalável

e Canção Noturna. 

Já no ano de 2001 o skank se apresentou ao vivo em Ouro Preto (Minas Gerais) aproveitando e lançando o disco Ao Vivo MTV. 

Em 2003 nasce o disco Cosmotron, a maioria das canções traz a tradicional assinatura de Samuel Rosa e Chico Amaral. As exceções são “Resta um Pouco Mais”, de Lelo Zanetti e Chico Amaral, “Dois Rios”, com letra de Nando Reis sobre melodia de Lô Borges e Samuel Rosa.

Em novembro 2004, chegou o momento de sua primeira coletânea de sucessos, “Radiola”, com repertório focado nos discos “Maquinarama” e “Cosmotron”, lançada em novembro do mesmo ano. Além de oito hits remasterizados em Nova York, o álbum trouxe mais quatro novidades e ainda duas versões também inéditas, “Vamos Fugir”, de Gilberto Gil e Liminha

e “I Want You”, de Bob Dylan…..lembra do primeiro disco e a música Tanto? pois é…agora interpretando em inglês a original do Bob Dylan.

e assim chegamos ao nono álbum do Skank Intitulado “Carrossel”, e este álbum tem algumas curiosidades, a primeira delas é que os fãs puderam assistir, ao vivo, a uma parte do processo de criação e produção do álbum. A banda instalou uma câmera exclusiva, que transmitia imagens em tempo real. 

O single, “Uma Canção É Para Isso” foi a que mais se destacou neste álbum.

outra curiosidade é que na época do lançamento de “Carrossel”, o Skank também disponibilizou todo o conteúdo do álbum em um aparelho de telefone celular. Com esta ação pioneira, o Skank tornou-se a primeira banda brasileira a embarcar nessa onda. O modelo W300 da Sony Ericsson, que vinha com todas as músicas do álbum de 2006, vendeu mais de 75 mil unidades e rendeu para a banda o primeiro Celular de Ouro do Brasil.

Dois anos depois do lançamento de “Carrossel”, em outubro de 2008, o Skank reaparece com o álbum “Estandarte”.

O primeiro single do disco, “Ainda Gosto Dela” tem a participação de Negra Li 

e o segundo single do álbum, foi “Sutilmente”. 

O álbum “Estandarte” foi indicado ao Grammy Latino 2009, na categoria “Melhor Álbum Pop Contemporâneo Brasileiro”.

No dia 19 de junho de 2010, o Skank gravou, no Estádio do Mineirão, na Pampulha, em Belo Horizonte, o CD, DVD e Blu Ray, “Multishow ao Vivo – Skank no Mineirão”. 

No ano de 2011 o Skank foi parar no Rock In Rio, e se apresentou no dia 1 de outubro, na mesma noite de Maroon 5 e Coldplay. 

O Ano agora é 2012 e é lançado o álbum Skank91, que não era um álbum de inéditas; mas sim um arquivo, o primeiro capítulo da história do Skank. Vale a pena ouvir algumas boas deste álbum como: Let me try again, In(dig)Nação, e Gentil Loucura. 

Chegamos finalmente ao “Velocia” o álbum que melhor traduz os anos de história da banda; é o disco que soa deliciosamente contemporâneo e familiar e tem como carro chefe a música “Esquecimento”

Em 2017 que o Skank volta ao mercado fonográfico com cover  de A hard day's night dos Beatles para o tema de abertura da novela Pega pega, e a galera do Scream & Yell cria o projeto Dois Lados - Tributo ao Skank com varias bandas indie fazendo incríveis releituras dos clássicos do quarteto mineiro.

Espero que você tenha gostado deste nosso pequeno resumo da Banda Skank, lembrando que Skank está na programação Som Maior No Ar e Vozes do Brasil…..Eu Sou Max Everson locutor e programador musical da Som Maior FM.

Até a próxima!

4oito

Deixe seu comentário