Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Vereadores fazem duras críticas à Casan

"Está querendo esconder alguma coisa?", questionou Arleu da Silveira. Para Dailto Feuser, é hora de reabrir a agência
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 03/08/2020 - 17:42Atualizado em 03/08/2020 - 18:02
Vereador Arleu da Silveira / Divulgação
Vereador Arleu da Silveira / Divulgação

O vereador Arleu da Silveira (PSDB) fez um duro desabafo contra a superintendência regional Sul Serra da Casan na sessão desta segunda-feira, 3, na Câmara de Criciúma. "É muito triste esse papel da Casan, que não comparece para prestar esclarecimentos", queixou-se, lembrando que havia um ofício da Câmara convidando a empresa.

Conforme o parlamentar, a alegação não convenceu. "O convite era para esclarecimentos sobre tarifa. A desculpa lida no ofício enviado pelo superintendente Gilberto Benedet Júnior é que a Casan não veio em virtude da pandemia e das eleições. Isso não é desculpa", reclamou Arleu. "O contribuinte não tem nada a ver, o contribuinte quer saber a razão do aumento e o investimento que está sendo feito. Simples assim", emendou.

Um novo ofício será encaminhado à presidente da Casan, Roberta Maas dos Anjos. "Vamos convidar a presidente, se ela não puder vir, que ela possa mandar alguém para falar conosco. Infelizmente a Casan Criciúma não vem, está querendo esconder alguma coisa? Algo sem noção, sem sentido", lamentou. "Basta vir e explicar", destacou.

"Não entendi"

O vereador Salésio Lima (PSD) reforçou a reclamação de Arleu da Silveira. "Procuramos o Gilberto (superintendente) que sempre nos atendeu prontamente. E agora não. Nos estranhou a não vinda dele na Casa para poder discutir algo de interesse de todos. Estamos passando por um momento difícil, mas não entendemos, estamos longe da eleição. Sobre a pandemia, todos estão se cuidando", referiu. "São pessoas que estão nesse momento de pandemia pagando alto custo nas taxas, e merecem explicações", emendou.

Falta abrir a agência

No mesmo embalo, o vereador Dailto Feuser (PSDB) reclamou da falta de atendimento presencial na agência Criciúma da Casan. "Queremos saber também quando vai começar o atendimento presencial na Casan, na Celesc. Estávamos lá, os contribuintes chegando, reclamando que pedem pela internet, pelo 0800 e que não conseguem uma ligação. Os salários desses servidores estão sendo pagos, se estão recebendo, tem que trabalhar", disse.

Vereador Dailto Feuser, do PSDB

Para o parlamentar tucano, o atendimento por telefone não resolve os problemas dos clientes da Casan. "Somos dois mundos diferentes, do privado e do estatal?. Penso que não. Os funcionários seguem o decreto, ficam em casa, cumprem. O problema está em quem faz o decreto, que não está sabendo como fazer. Coloca o que for preciso, mas atende", finalizou.

Atendimento presencial voltou

Minutos depois da fala do vereador Feuser, o vereador Paulo Ferrarezi (MDB) informou que o atendimento presencial nas agências da Casan e Celesc foi retomado. "Recomeçou nesta segunda-feira, atendendo os contribuintes para os mais diversos serviços", referiu.

Críticas à agência reguladora

O vereador Salésio Lima elogiou o empenho da agência reguladora contratada pelo município para medir os cálculos de custos e tarifas de água e esgoto em Criciúma. "Compareceram na reunião, na mesma reunião que a Casan não veio, o que foi muito importante", pontuou.

Mas, em resposta, o vereador Júlio Kaminski (PSL) criticou a agência. "Eles precisam explicar a razão de chegar aos valores que chegamos, os valores que reclamamos, já que essa agência veio para melhorar a situação da população", observou. "Eles devem explicações ou então devem ter suspensas todas as medidas que tomaram até aqui", arrematou.