Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Uma ponte para substituir a balsa de Laguna

Daniel Freitas esteve com o ministro do Turismo solicitando recursos para a obra
Erik Behenck
Por Erik Behenck Laguna - SC, 19/09/2019 - 10:00

Conhecida pela bela Ponte Anita Garibaldi, a cidade de Laguna poderá receber uma nova ponte, dessa vez ligando a cidade até o Farol de Santa Marta. O deputado federal Daniel Freitas (PSL) esteve em Brasília reunido com o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, solicitando os recursos.

"É uma obra importante para a cidade de Laguna, uma ponte que vai ligar o Farol de Santa Marta a cidade. A gente veio pedir com todo o carinho, para que a gente consiga tirar do papel esse sonho, não só lagunense, mas de toda Santa Catarina", afirmou o deputado.

O ministro se mostrou interessado com o projeto. "É um esforço em conjunto para viabilizar esse projeto. Vamos trabalhar junto com o Governo do Estado, para que essa ponte venha se tornar realidade. Sabemos que Santa Catarina tem muita vocação turística. Conte conosco", afirmou.

Obra importante para o turismo

Conforme o deputado estadual Felipe Estevão (PSL), essa obra é importante para a infraestrutura do Sul. Seria possível ligar quem vem pela Serra do Rio do Rastro ou então pela BR-285, quando esta estiver concluída na Serra da Rocinha, passando pela rota gastronômica que inclui Nova Veneza, até chegar ao Farol de Santa Marta.

“Tem um projeto que eu quero trabalhar ele, que é Serra e Mar. Pode descer pela Serra do Rio do Rastro, via Urussanga, temos muito para explorar. Tem o roteiro gastronômico. Então seria uma rodovia litorânea para passar por essa ponte, ela ainda ajudaria o nosso terminal pesqueiro”, comentou Estevão.

Atualmente a balsa que dá acesso a região da ilha é de R$ 10 para veículos e R$ 2,50 para motos, com a livre passagem de pedestres. “Os caras da balsa tem o seu faturamento. Mas, imagino o impacto turístico que a região da ilha teria. Tem as águas termais de Gravatal, tem muito para explorar. Temos que melhorar a infraestrutura para depois trabalhar o marketing de venda”, completou.