Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Um solitário cartaz para Carlos Moisés

Em um processo frio, sem apelo popular, a presença da dona Rita de Cássia defronte à Alesc chama a atenção
Denis Luciano
Por Denis Luciano Florianópolis, SC, 23/10/2020 - 11:23Atualizado em 23/10/2020 - 11:31
Foto: Solon Soares / Agência AL
Foto: Solon Soares / Agência AL

"Quando estou na boa, meus amigos me conhecem. Quando estou na pior, eu conheço meus amigos!". É com essa máxima de sabedoria popular que a dona Rita de Cássia arremata o conteúdo do cartaz que ela fez, em uma cartolina branca, e carregou consigo até a portaria do Palácio Barriga Verde, sede da Assembleia Legislativa (Alesc), onde ocorre nesta sexta-feira, 23, a sessão do tribunal misto que determina o afastamento ou não, por 180 dias, do governador Carlos Moisés e da vice Daniela Reinehr.

A presença dela diante da Alesc é um raro protesto público de defesa do governador, em um ambiente de absoluta frieza em relação ao impedimento dele e da vice. 

Mais cedo, em pronunciamento sobre a votação desta sexta, Moisés reafirmou confiança na justiça. "O que esperamos no dia de hoje é o arquivamento desse processo", disse o governador.