Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Um campeonato mais perto

Criciúma irá percorrer quase 9 mil quilômetros a menos em 2019 para conseguir cumprir seus compromissos
Por Lucas Renan Domingos Criciúma, SC, 06/12/2018 - 08:00
Diretoria quer antecipar viagens para reduzir o desgastes dos jogadores na próxima temporada/Foto:Guilherme Hahn
Diretoria quer antecipar viagens para reduzir o desgastes dos jogadores na próxima temporada/Foto:Guilherme Hahn

Depois de conseguir permanecer na Série B e com o fim da temporada do futebol brasileiro em 2018, o Criciúma já sabe qual serão seus adversários no ano que vem na Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. Além do Tigre, 11 clubes permaneceram na competição, quatro caíram para a Série C e mais quatro conseguiram chegar a elite. Com os novos adversários na Série B, o Criciúma vai ser beneficiado em um aspecto: a redução dos quilômetros percorridos em viagens.

A logística do Campeonato Brasileiro da Série B, sempre foi alvo de reclamações de clubes. Em 2018, não foi diferente. O ex-técnico do Criciúma, Mazola Júnior foi um dos críticos às longas distâncias percorridas pelo elenco para fazer seus jogos. Não era raridade, tamanho foi o número de partidas com desfalques feita pelo tricolor, o treinador falar em coletivas do desgaste dos atletas entre um aeroporto e outro.

Na viagem que a delegação fez a Varginha para enfrentar o Boa Esporte no returno da Série B, o Criciúma enfrentou um atraso de oito horas de voo para retornar para Santa Catarina. O que, logicamente, acabou refletindo na preparação do time para a rodada seguinte.

“Temos problemas físicos, alguns com desgaste acima do normal. Algumas peças sentem muito com jogos seguidos. E com o agravante ainda de oito horas de atraso. Antes tivesse vindo com o disco voador dos caras, teria vindo mais rápido, batendo papo com os ETs”, brincou Mazola na época fazendo uma referência a cidade de Varginha, conhecida por um suposto aparecimento de alienígenas.

Redução considerável

Se Mazola tivesse permanecido no Criciúma, talvez ficasse um pouco mais contente com o calendário de viagens que espera o Tigre no ano que vem na Série B. Com a chegada dos novos adversários da competição, os jogadores e comissão técnica do Tricolor deixaram de percorrer aproximadamente 9 mil quilômetros. Isso porque, a casa dos novos concorrentes, agora ficam mais próximas de Criciúma.

Em 2018, foram quase 47 mil quilômetros para conseguir cumprir o calendário. Em 2019 essa distância cairá para 38 mil quilômetros em média. O motivo são as regiões onde os adversários do Criciúma possuem suas sedes. Dos 19 times que o Tigre irá enfrentar na Série B do ano que vem, seis são do Sul do país: Coritiba, Londrina, Paraná, Operário Ferroviário, Figueirense e Brasil de Pelotas.

Outros sete são do Sudeste: Guarani, Ponte Preta, Oeste, São Bento, Botafogo(SP), Bragantino e América-MG. Do Centro-Oeste são mais três times: Cuiabá, Atlético-GO e Vila Nova. Por fim, do Nordeste, mais três equipes: Bahia, CRB e Sport. Nesta temporada foram seis times do Sul, cinco do sudeste, três do Centro-Oeste, quatro do Nordeste e um do Norte.

Criciúma deve repensar programação de viagem

Por conta da logística complicada da Série B, o Criciúma já tem pensado em amenizar os impactos das viagens no desempenho do time para 2019. Em 2018, a equipe costumava embarcar para seus destinos mais longos, dois dias antes dos jogos, treinava no dia anterior e repousava no dia de jogo.

Na reunião do Conselho Deliberativo na última sexta-feira, para apresentação do Orçamento para o ano que vem, o diretor executivo de futebol do Criciúma, Nei Pandolfo apresentou um novo modelo para as viagens do ano que vem. A ideia é adiantar o cronograma para jogos fora de casa.

“Com isso, a gente deixa os jogadores mais descansados para os jogos que impacta diretamente no desempenho dos atletas em campo”, disse.

Viagens do Criciúma em 2019:

Times adversários

Cidade

Distância*

Coritiba

Curitiba (PR)

720 KM

Londrina

Londrina (PR)

1246 KM

Paraná

Curitiba (PR)

720 KM

Operário Ferroviário

Ponta Grossa (PR)

808 KM

Figueirense

Florianópolis (SC)

286 KM

Brasil-RS

Pelotas (RS)

892 KM

Guarani

Campinas (SP)

1360 KM

Ponte Preta

Campinas (SP)

1360 KM

Oeste

Barueri (SP)

1252 KM

São Bento

Sorocaba (SP)

1212 KM

Botafogo-SP

Ribeirão Preto (SP)

1698 KM

Bragantino

Bragança Paulista (SP)

1392 KM

América-MG

Belo Horizonte (MG)

2234 KM

Cuiabá

Cuiabá (MT)

3220 KM

Atlético-GO

Goiânia (GO)

2666 KM

Vila Nova

Goiânia (GO)

2666 KM

Bahia

Salvador (BA)

4148 KM

CRB

Maceió (AL)

5100 KM

Sport

Recife (PE)

5498 KM

* Distância em linha reta contabilizando ida e volta