Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Troca de fornecedora aumentaria em 40% a conta de luz em bairros de Criciúma

Mudança da Coopera para a Celesc será discutida em audiência pública nesta quinta-feira
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 06/06/2018 - 14:50Atualizado em 06/06/2018 - 15:53
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

Acontece nesta quinta-feira (7) uma audiência pública para discutir o fornecimento de energia elétrica para algumas comunidades de Criciúma. O encontro está marcado para às 19h, no salão de festas do bairro Morro Estevão. A proposição é de autoria dos vereadores Ademir Honorato, Geovana Benedet Zanette, Tita Beloli e Miri Dagostim.

Atualmente a Coopera fornece energia para os bairros que ficam a esquerda da Rodovia Luiz Rosso, seguindo até a Quarta Linha. Um acordo de 2010 prevê o retorno do atendimento nestes locais para a Celesc, que possui o direito de atender em toda a cidade de Criciúma. Essa mudança aumentaria a conta para as mais de duas mil famílias atendidas, por outro lado, a companhia estadual busca soluções para que o preço se mantenha. A empresa atua também em Forquilhinha e Nova Veneza.

“Hoje a energia da cooperativa é 40% mais barata. O que tem pegado é a questão do valor. Os moradores também dizem que a manutenção é rápida e que a Coopera faz um bom serviço, não que a Celesc não faça no estado”, afirmou Tita Beloli.