Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Transformações no trabalho são tema de conferência

Encontro de Economia Catarinense foi encerrado na noite desta sexta-feira
Por Redação Criciúma, SC, 11/05/2019 - 16:39
Fotos: Milena Nandi / Mayara Cardoso / Unesc
Fotos: Milena Nandi / Mayara Cardoso / Unesc

Os debates sobre as “Transformações no Mundo do Trabalho em Santa Catarina” deram o tom no 13º Encontro de Economia Catarinense. O evento, realizado nestes dias 9 e 10 de maio na Unesc, foi encerrado na noite desta sexta-feira com atividade no Auditório Edson Rodrigues com apresentações ministradas pelos professores Thiago Fabris, João Henrique Zanelatto e Débora de Almeida.

Ao longo do dia evento contou ainda com a participação do professor doutor José Álvaro de Lima Cardoso, responsável pelo escritório do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). Na manhã desta sexta-feira ele passou informações sobre a conjuntura econômica do país, a partir das análises do Dieese e dialogou com os presentes sobre as possibilidades para o Estado. A conferência teve a coordenação da pesquisadora membro da Apec (Associação de Pesquisadores em Economia Catarinense), Rossandra Oliveira Maciel de Bitencourt.

Segundo Cardoso, o cenário catarinense deve ser compreendido na moldura social e econômica nacional. “A conjuntura nacional influencia decisivamente o quadro estadual. Santa Catarina é pouco mais que 1% do território brasileiro, 4% do PIB (Produto Interno Bruto) e 3% da população. Considerando isso, uma abordagem nacional dos problemas, contempla também as questões catarinenses”, afirma o representante do Dieese. “Estamos atravessando uma crise grave e não temos certeza de qual o cenário teremos futuramente. Mas em períodos como esse temos várias possibilidades. A análise é realista, mas as ações têm que ser otimistas para enfrentarmos um mundo de desafios”, complementa.

O Encontro de Economia Catarinense é realizado pela Apec (Associação de Pesquisadores em Economia Catarinense), em parceria com o PPGDS (Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioeconômico) da Unesc e o curso de Ciências Econômicas da Unesc, que em 2019 completa 20 anos de história.

De quinta a sexta-feira o evento contou com três conferências e 20 mesas-redondas com a apresentação de mais de 100 de trabalhos, além do lançamento do livro e da última edição da Revista Catarinense de Economia (RCE).

Revista Catarinense de Economia

Durante o evento da manhã desta sexta-feira, o professor doutor da UFSC, Sílvio Cario, apresentou a última edição da Revista Catarinense de Economia. Segundo ele, a decisão editorial foi de direcionar parte da publicação para artigos sobre a economia catarinense e parte para a nacional. “Procuramos diversificar os autores e assuntos para termos um panorama maior da economia estadual e nacional”.

“Planejamento, desenvolvimento e os gastos em educação em Santa Catarina; “Problemas ambientais decorrentes de estações de tratamento de esgoto em Santa Catarina” e “Expectativas dos agentes e efeitos das políticas monetárias e fiscais críveis nos índices setoriais da bolsa de valores brasileira” estão entre os assuntos abordados na primeira edição de 2019 da Revista.